Seguidores

sábado, 6 de fevereiro de 2016

COMO TRABALHAR COM A CLASSE JARDIM NA EBD

 COMO TRABALHAR COM A CLASSE JARDIM NA EBD 

















(a divisão das idades é uma sugestão, podendo variar).


A Bíblia nos diz "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e quando crescer não se desviará dele", Pv 22.6. Antigamente, a educação não tinha como único objetivo ensinar a ganhar a vida, mas preocupava-se principalmente com a formação do caráter. A entrada da criança no Jardim de Infância, no sistema escolar, às vezes, traz reações na vida infantil que podem causar transtornos para toda a existência, pois geralmente a criança sai de um ambiente seguro, familiar e protegido, para penetrar num ambiente novo e desconhecido. Mundo de disputa, concorrência, lutas e dificuldades.
É absolutamente necessário que pais e professores trabalhem na mesma direção, o que significa comunicação freqüente entre as duas partes.
A educação cristã na vida da criança é um dos fatores mais positivos para a formação da sua personalidade e propicia a aprendizagem dos princípios básicos da Bíblia Sagrada.

1. A ESCOLA DOMINICAL

? Porque da Escola Dominical
? O propósito da Escola Dominical
? Classe Jardim de Infância (4 e 5 anos)

Nos primeiros anos de vida os indivíduos formam sua personalidade, incorporando hábitos, valores, atitudes e estruturam padrões de raciocínio. Ainda tem somente um limitado fundo de conhecimentos.São interessados muito em si mesmos; seu mundo gira em torno do seu próprio ser (egocentrismo). Eles exigem uma atenção toda especial, gostam de repetição de histórias, sentem segurança nas coisas bem conhecidas. Começa a idade de perguntas, a fase dos "porquês". O brinquedo e os amigos são de grande importância. Brincar é investigar o desconhecido, é enfrentar desafios, é buscar as dificuldades para poder crescer, é, em suma, aprender.A criança sempre busca desafios, quer tentar o que nunca tentou, brincar sempre com algo novo, algo que ela nunca tenha experimentado, quer aprender, quer crescer.
Qual o papel da Classe JI?É apresentar constantemente estímulos que aumentam sua curiosidade, é dar oportunidade para que a criança tente seus limites físicos, é apresentar desafios que eles estejam ávidos por enfrentar.

2. IMPORTÂNCIA DO EVANGELISMO INFANTIL

3. BASES BÍBLICAS PARA A EVANGELIZAÇÃO

4. QUALIFICAÇÕES DO PROFESSOR DE JARDIM DE INFÂNCIA

Quem deve evangelizar e ensinar crianças de Jardim de Infância?

4.1 Convicção da própria salvação (1Jo 5.13; Rm 8.16)

4.2 Quem ama e conhece a Palavra de Deus (Lc 24.27,44)

4.3 Comunhão constante com Cristo (Gl 2.20; Jo 15.4-5)

4.4 Amor e compaixão pela alma de crianças (Mt 9.36; Mc 1.41)

4.5 Submissão do Espírito Santo (1Co 6.19-20)

4.6 Quem se sente vocacionado (Rm 12.7)

4.7 Possuir temperamento paciente, pacífico e alegre

4.8 Desejo de constantemente se reciclar.

5. CARACTERÍSTICAS

As crianças de 4 a 5 anos são diferentes uma das outras. O estudo de milhares delas no entanto, mostra que existem certas características, habilidades e interesses comuns. É bom que os responsáveis saibam o que deve ser esperado neste período.

6. DESENVOLVIMENTO

6.1 Físico

6.2 Mental

6.3 Social

6.4 Emocional

6.5 Espiritual


7. O PREPARO DA LIÇÃO

7.1 Ore - pelas crianças, por você como professor, pela preparação e apresentação da lição.

7.2 Estude a lição

7.3 Apresentação da lição

7.3.1 Aparência do professor

7.3.2 Expressões faciais

7.3.3 Expressões corporais

7.3.4 Linguagem

7.3.5 Cuidado em manter a atenção


8. SALA DE AULA

8.1 MATERIAL APROPRIADO PARA JI
Mobiliário
Recursos audiovisuais
Material didático

8.2 ATIVIDADES QUE NECESSITAM SER DESENVOLVIDAS
Atividades em diferentes níveis de desenvolvimento
Atividades diversificadas
Métodos Adequados
Uso de material apropriado
Discriminação auditiva
Entende-se por discriminação auditiva a distinção clara entre váriasi mpressões auditivas percebidas pelo cérebro através da audição.
Discriminação visual
Entende por discriminação visual a distinção clara entre várias impressões visuais percebidas pelo cérebro através da visão.
Histórias
É uma forma mais fascinante de transmissão da verdade, a mais adaptável e a mais fácil de ensinar as crianças.
Na arte de contar histórias, nem tudo depende da aptidão natural do indivíduo.
Existe uma técnica especial, isto é, um conjunto de regras e condições cujo exercício é indispensável para que o contador possa desenvolver em sua plenitude as virtualidades natas que possui.
Há uma variedade de como apresentar uma história.

Atividades integradas corporais e musicais
Os cânticos facilitam a aprendizagem, desenvolvem a coordenação motora, marcam o ritmo e ensinam as crianças a louvarem e adorarem a Deus. Podem ser acompanhados de gestos, com movimentos com as mãos e os pés ou visualizados.

Atividades recreativas, dramatização, desenho livre
Enriquecimento do vocabulário
Correção da prolação
Ajustamento sócio-emocional
Desenvolvimento da habilidade de formular frases
Oficina de artes plásticas

8.3 AR LIVRE
As igrejas precisam pensar num espaço livre onde as crianças possam explorar:
O desenvolvimento da capacidade exploratória inata e de investigação do meio ambiente;
O desenvolvimento e domínio das habilidades psicomotoras, que reforcem o processo de crescimento e segurança emocional.

Este trabalho visa ajudar aos professores de crianças de Jardim de Infância, a fim de que o ENSINO possa informar e formar o pequenino no conhecimento bíblico e de sua realidade para decidir e viver por Jesus Cristo, como pessoa e como membro de sua comunidade. Cremos que a Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo será bem mais fortalecida se tivermos crianças não apenas esclarecidas, mas convictas e seguidoras da verdade.
"Educai as crianças e não será preciso punir os adultos" .

fonte: http://professoresnaebd.blogspot.com/20 ... im-de.html

0 comentários:

Postar um comentário

COMPARTILHES NAS SUAS REDES SOCIAIS

ARQUIVOS DO BLOG