Seguidores

sábado, 6 de fevereiro de 2016

COMO TRABALHAR COM A CLASSE JARDIM NA EBD

 COMO TRABALHAR COM A CLASSE JARDIM NA EBD 

















(a divisão das idades é uma sugestão, podendo variar).


A Bíblia nos diz "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e quando crescer não se desviará dele", Pv 22.6. Antigamente, a educação não tinha como único objetivo ensinar a ganhar a vida, mas preocupava-se principalmente com a formação do caráter. A entrada da criança no Jardim de Infância, no sistema escolar, às vezes, traz reações na vida infantil que podem causar transtornos para toda a existência, pois geralmente a criança sai de um ambiente seguro, familiar e protegido, para penetrar num ambiente novo e desconhecido. Mundo de disputa, concorrência, lutas e dificuldades.
É absolutamente necessário que pais e professores trabalhem na mesma direção, o que significa comunicação freqüente entre as duas partes.
A educação cristã na vida da criança é um dos fatores mais positivos para a formação da sua personalidade e propicia a aprendizagem dos princípios básicos da Bíblia Sagrada.

1. A ESCOLA DOMINICAL

? Porque da Escola Dominical
? O propósito da Escola Dominical
? Classe Jardim de Infância (4 e 5 anos)

Nos primeiros anos de vida os indivíduos formam sua personalidade, incorporando hábitos, valores, atitudes e estruturam padrões de raciocínio. Ainda tem somente um limitado fundo de conhecimentos.São interessados muito em si mesmos; seu mundo gira em torno do seu próprio ser (egocentrismo). Eles exigem uma atenção toda especial, gostam de repetição de histórias, sentem segurança nas coisas bem conhecidas. Começa a idade de perguntas, a fase dos "porquês". O brinquedo e os amigos são de grande importância. Brincar é investigar o desconhecido, é enfrentar desafios, é buscar as dificuldades para poder crescer, é, em suma, aprender.A criança sempre busca desafios, quer tentar o que nunca tentou, brincar sempre com algo novo, algo que ela nunca tenha experimentado, quer aprender, quer crescer.
Qual o papel da Classe JI?É apresentar constantemente estímulos que aumentam sua curiosidade, é dar oportunidade para que a criança tente seus limites físicos, é apresentar desafios que eles estejam ávidos por enfrentar.

2. IMPORTÂNCIA DO EVANGELISMO INFANTIL

3. BASES BÍBLICAS PARA A EVANGELIZAÇÃO

4. QUALIFICAÇÕES DO PROFESSOR DE JARDIM DE INFÂNCIA

Quem deve evangelizar e ensinar crianças de Jardim de Infância?

4.1 Convicção da própria salvação (1Jo 5.13; Rm 8.16)

4.2 Quem ama e conhece a Palavra de Deus (Lc 24.27,44)

4.3 Comunhão constante com Cristo (Gl 2.20; Jo 15.4-5)

4.4 Amor e compaixão pela alma de crianças (Mt 9.36; Mc 1.41)

4.5 Submissão do Espírito Santo (1Co 6.19-20)

4.6 Quem se sente vocacionado (Rm 12.7)

4.7 Possuir temperamento paciente, pacífico e alegre

4.8 Desejo de constantemente se reciclar.

5. CARACTERÍSTICAS

As crianças de 4 a 5 anos são diferentes uma das outras. O estudo de milhares delas no entanto, mostra que existem certas características, habilidades e interesses comuns. É bom que os responsáveis saibam o que deve ser esperado neste período.

6. DESENVOLVIMENTO

6.1 Físico

6.2 Mental

6.3 Social

6.4 Emocional

6.5 Espiritual


7. O PREPARO DA LIÇÃO

7.1 Ore - pelas crianças, por você como professor, pela preparação e apresentação da lição.

7.2 Estude a lição

7.3 Apresentação da lição

7.3.1 Aparência do professor

7.3.2 Expressões faciais

7.3.3 Expressões corporais

7.3.4 Linguagem

7.3.5 Cuidado em manter a atenção


8. SALA DE AULA

8.1 MATERIAL APROPRIADO PARA JI
Mobiliário
Recursos audiovisuais
Material didático

8.2 ATIVIDADES QUE NECESSITAM SER DESENVOLVIDAS
Atividades em diferentes níveis de desenvolvimento
Atividades diversificadas
Métodos Adequados
Uso de material apropriado
Discriminação auditiva
Entende-se por discriminação auditiva a distinção clara entre váriasi mpressões auditivas percebidas pelo cérebro através da audição.
Discriminação visual
Entende por discriminação visual a distinção clara entre várias impressões visuais percebidas pelo cérebro através da visão.
Histórias
É uma forma mais fascinante de transmissão da verdade, a mais adaptável e a mais fácil de ensinar as crianças.
Na arte de contar histórias, nem tudo depende da aptidão natural do indivíduo.
Existe uma técnica especial, isto é, um conjunto de regras e condições cujo exercício é indispensável para que o contador possa desenvolver em sua plenitude as virtualidades natas que possui.
Há uma variedade de como apresentar uma história.

Atividades integradas corporais e musicais
Os cânticos facilitam a aprendizagem, desenvolvem a coordenação motora, marcam o ritmo e ensinam as crianças a louvarem e adorarem a Deus. Podem ser acompanhados de gestos, com movimentos com as mãos e os pés ou visualizados.

Atividades recreativas, dramatização, desenho livre
Enriquecimento do vocabulário
Correção da prolação
Ajustamento sócio-emocional
Desenvolvimento da habilidade de formular frases
Oficina de artes plásticas

8.3 AR LIVRE
As igrejas precisam pensar num espaço livre onde as crianças possam explorar:
O desenvolvimento da capacidade exploratória inata e de investigação do meio ambiente;
O desenvolvimento e domínio das habilidades psicomotoras, que reforcem o processo de crescimento e segurança emocional.

Este trabalho visa ajudar aos professores de crianças de Jardim de Infância, a fim de que o ENSINO possa informar e formar o pequenino no conhecimento bíblico e de sua realidade para decidir e viver por Jesus Cristo, como pessoa e como membro de sua comunidade. Cremos que a Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo será bem mais fortalecida se tivermos crianças não apenas esclarecidas, mas convictas e seguidoras da verdade.
"Educai as crianças e não será preciso punir os adultos" .

fonte: http://professoresnaebd.blogspot.com/20 ... im-de.html

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

COMO TRABALHAR COM JUNIORES-DICAS

.
COMO TRABALHAR COM JUNIORES-DICAS

ENSINO ESPECÍFICO PARA JUNIORES
Joana Troester

Uma idade maravilhosa, alunos que não são mais criancinhas, mas não são moços e moças ainda. APROVEITE!

A. Começa com Alvos para seus Alunos:

1. Salvação de cada aluno.

2. Crescimento espiritual:
a) vida devocional (tempo a sós com Deus cada dia)
b) conhecimento da Palavra de Deus
c) amor para com Deus levando a obediência de Cristo
d) preparado para a luta espiritual em frente.

Você vai planejar sua aula para ajudar seus alunos nestas áreas muito importantes.

* Estamos numa luta espiritual
Estamos em competição com a TV, os vídeos e todas as tentações do mundo (de Satanás). Eles passam muitas horas cada semana sendo bombardeados com tentações que conduzem para o inferno, ou no mínimo, para uma vida frutífera. Planeje bem sua aula. Os poucos minutos que eles tem na sua aula, tem que equipá-los para a luta diária.


B. Preparando para a Aula

1. Comece já no domingo à tarde ou na segunda-feira de manhã, lendo a lição para o próximo domingo.
a) Pode seguir uma revista, mas não seja escravo dela. Use mais a Bíblia e cuide para lembrar dos fatos bíblicos direitinhos!
b) A revista também vai ter alvos, mas não esqueça seus alvos também.

2. Ore por situações vivas para contar aos seus alunos, pois vão mostrar os princípios do qual está ensinando.

3. Procure maneiras criativas para transmitir os fatos bíblicos e também os princípios bíblicos.

4. Ore pela vida de cada aluno, suas necessidades e suas famílias (seja envolvido na vida deles o quanto puder).


C. Lição de Casa

1. Pode usar uma revistinha, mas também inclua uma folha, para eles escreverem o que Deus quer que eles lembrem no tempo devocional.

Explique para seus alunos o que é para lerem a cada dia. Escolha passagens fáceis para entenderem e aplicarem nas suas vidas. Faça um tempo devocional juntos com eles para mostrar como é que se faz, antes de exigir deles.

2. Podem também colocar outras tarefas de “lição de casa” como maneiras de ganhar pontos para um evento especial, pode incluir: versículos para decorar; tarefas para ajudar em casa; serviço na Igreja; serviço para outras pessoas; etc.


D. O Que Eu posso Incluir na Minha Aula

1. Tempo para compartilhar o que Deus está ensinando no tempo devocional. Tempo para compartilhar respostas de oração e pedidos de oração.

2. no tempo da lição guie seus alunos para descobrir os fatos bíblicos... Não dê sempre todos os fatos. Faça perguntas que os ajude a descobrir as respostas na Bíblia. Por exemplo: Quanto tempo Noé e a sua família ficaram na arca?

3. Use figuras: roupão, comida, etc. para colocar sua Classe na situação da lição. Se estiver estudando os filhos de Israel saindo do Egito, deixe todos se vestirem com as roupas de peças que tens na Igreja. “Mate” um cordeiro e coloque o seu “sangue” em volta da porta da Classe. (Seja criativo, pode usar uma ovelha de pelúcia e papel vermelho para o sangue). Escolha um aluno para ser o filho mais velho que vai morrer se o sangue não for visto pelo anjo da morte. Leve para a Classe, já preparado a carne da páscoa (pode ser qualquer carne, menos porco!), com ervas amargas. Deixe seus alunos de pé, comendo as ervas, a carne e segurando o cajado (vassoura na mão). Depois sai com pressa, Faraó disse que deve sair! ...

4. Decore um versículo que encaixe com a lição. Devem saber o significado para hoje, não só as palavras.

5. Faça revisão das outras aulas para dar a seqüência. Pode fazer tipo jogo com perguntas, deixe os alunos colocarem desenhos em ordem, usar tipo linha de tempo com figuras que usam a memória para lembrar o que aconteceu primeiro, segundo, etc.

6. Juniores são capazes de fazerem pesquisas em grupos ou sozinhos para depois compartilharem o que descobriram.

7. Não esqueça de chamar seus alunos pelo nome. Deixe os visitantes sentindo-se muito bem-vindos. Ajude os alunos a serem amigáveis com os visitantes.

8. Começa de ensinar os princípios de Provérbios e os dois tipos de pessoas (sábio e insensato). Ajude-os a saber nas decisões que estão fazendo todo dia, se estão sendo sábios ou tolos.

9. Ajude-os a escolherem heróis para sua vida da Bíblia como: Davi, Daniel, José, Éster, Jônatas, Barnabé, etc... Ajude-os a lembrar que o mesmo Deus que abriu o Mar Vermelho é nosso Deus Poderoso.

Visuais

– Procure ou faça desenhos coloridos.
– Procure materiais para ajudar sua história a ser mais interessante.
– Cartazes como os que você encontra na “A Beka”, manuais, etc.
– Procure figuras de jornais, revistas, livros para crianças, etc.
– Pode suar um tipo de prêmio para quem se comportou, quem falou o versículo, quem trouxe visitantes, etc.


Coisas Especiais
De vez em quando planeje um acampadentro, um acampamento, um passeio, uma atividade para servir a Igreja, uma atividade para fazer um serviço para alguém que precisa, etc.

Planeje uma peça para sua Classe mostrar para a Igreja o que estão estudando.


Seja Sábio

– Guardar alguns minutos para examinar um Provérbio que encaixa com sua lição.

– Ajude os alunos a descobrirem princípios eternos, verdades eternas.

– Não deve ser um exercício de conhecimento somente, mas deve ser passos para obediência, submissão a Deus e vidas transformadas.

– Providencie uma folha ou caderno para eles escreverem o provérbio, o princípio que vocês descobrirem juntos e sua aplicação para a semana. Pode incluir também como o princípio encaixou com a lição.

– Nestes momentos ensino sobre o inimigo que quer que eles esqueçam da Palavra de Deus. Ensine estes fatos sobre como Satanás quer nos enganar. Na escola eles estão sendo bombardeados com humanismo. Deve saber o que é. Humanismo diz que não há Deus, o homem é o centro de tudo, não existe o certo e o errado. Porém Deus nos diz: Deus criou tudo, Deus é o centro do universo, Deus tem mandamentos de princípios que devemos entender e colocar na prática para conhecer o maravilhoso plano de Deus para nossa vida.


Sabedoria
Provérbios 15.33 – temer ao Senhor
Provérbios 28.7 – obedecer ao que está certo
Provérbios 22.3 – esconder-se do mal
Provérbios11.30 – ganhar almas
Provérbios 30.24-25 – preparar-se para o futuro


O Que é Sabedoria?

Provérbios 3.13-15 – Sabedoria tem mais valor do que ___________________________.

Isaías 55.8 diz que a sabedoria de Deus é ________________________ do que a sabedoria do mundo.

No humanismo não existe sabedoria verdadeira. Como é que humanismo afeta seus livros de ciência e história? _________________________________.

Qual é o fim daquele que segue a filosofia do humanismo?
Provérbios 1.24-33 diz: ________________________________________________
ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DOS JUNIORES

CORPO:

-crescimento relativamente lento, mas gosta de comer e de se mexer muito. Está juntando energias para a próxima fase, quando acabará o processo do crescimento. Saúde excelente: normalmente não adoece.
- Controle muscular: pode fazer nesta idade coisas que jamais fará na vida de adulto. Gosta de fazer tudo quanto lhe proporciona maior controle e conhecimento.

MENTE:

- gosta de fazer tudo quanto lhes proporciona maior controle e conhecimento;
- tem sede de saber e desejo de aprender;
- gosta muito de leitura - têm boa memória; o que lhe ensinamos agora permanecerá o resto DA vida. A memorização das Escrituras é importante neste período
- É colecionador (selos, fotografias de animais, etc);
- Diferencia entre a realidade e a imaginação;
- Têm muita confiança na sua capacidade de vencer;
- Gosta de geografia e de histórias e de saber o que aconteceu, onde, quando e porquê, pois já sabe relacionar tempo, espaço e acontecimentos.

EMOCIONAL:

- É intrépido: tem muita confiança na sua capacidade de vencer. Não gosta de demonstrações de afeição, mas precisa saber-se querida. A afeição deve ser demonstrada pelo tom de voz e através de nossos atos, em vez de beijos ou abraços. Seu senso de humor vem aparecendo.

VONTADE:

- Rebela-se contra OS "ditadores"; gosta de quem demonstra simpatia e carinho. Deseja direção na vida, que parece-lhe um caminho desconhecido e, às vezes espinhoso.

SOCIAL:

- É competidor, barulhento e briguento
- Fica mais à vontade ao AR livre, onde tem bastante espaço;
- Não aprecia o sexo oposto
- Quer fazer parte DA "roda" - um grupinho de seus semelhantes em sexo e idade que faz coisas em conjunto. Gosta de jogar num "time" - futebol, no caso de meninos. As meninas se reúnem para falar, passear, brigar (e logo voltam a ser amigas novamente)
- Começa a ter senso de responsabilidade, que deve ser encorajado e desenvolvido. Adora heróis - uma atitude dada a Deus aos juniores e adolescentes para fazer com que busquem aquilo que é bom e merecedor DA sua admiração, incentivando-OS em direção a uma vida nobre.

ESPIRITUAL:

- Reconhece o pecado como pecado e sente a necessidade de se livrar das conseqüências. Se ainda não recebeu o Salvador, está na hora de fazer isto. Se já é salvo, é a idade quando deve experimentar pessoalmente a consagração
e a vida vitoriosa;
- Estabelece altos padrões para is e, também, para OS adultos que o rodeiam. Fica decepcionado com qualquer um que não anda de acordo com estes padrões. Ele também não as alcança e sente-se frustrado. Precisa conhecer o caminho DA vitória para evitar tais frustrações e para desenvolver-se espiritualmente.
- Esta é a idade quando devemos apontar-lhe a necessidade de preparar-se para o serviço que Deus quer que faça no futuro e de orar a respeito do futuro companheiro.

Esta é uma idade quando o ensino ministrado deve ser experimentado e comprovado na vida do aluno Por isso, é muito importante que você, como professor empenhe-se no estudo, preparo e apresentação DA lição. Lembrando DA importância em estar orando por todos OS alunos, visitando, acompanhando...

RESUMO:

Fisicamente - valente
Mentalmente - investigador
Volitivamente - independente
Socialmente - expansivo
Emocionalmente - intrépido
Espiritualmente - realista

COMO ENSINAR JUNIORES:

Chave - verificação do ensino, praticando-o

1. Ensino adequado: Os mesmos ensinos e doutrinas apresentados nos anos anteriores. Enfatize a consagração. 
Acrescente:
- O plano de Deus para sua vida.
- Doutrinas fundamentais.
- Memorização de versículos e nomes dos livros DA Bíblia. 
- Geografia bíblica.
- Séries de lições sugeridas: "A bíblia e Eu", "Vida de Josué", "Esther", "O tabernáculo", "Atos I e II"

2. Histórias continuam a constituir bom veículo de ensino. Deve tratar de um HERÓI que soube enfrentar dificuldades e vencer.

3. Perguntas: Inclua um período de perguntas em sua aula. 
Além de perguntar "Onde?", "O que?", e "Quem?", deve-se perguntar "Por que?" E mostrar porque o herói venceu., porque o vilão mereceu ser derrotado, porque o herói não devia ter feito o que fez, porque Deus permitiu certa coisa em sua vida, etc.

4. Experiências e comprovações : 
Esta é uma idade quando as verdades bíblicas e o ensino prático devem ser experimentados e comprovados na vida do aluno. Ao ensinar que é bom ajudar OS outros, deixe OS alunos comprovar este fato Indo ajudar crianças doentes num hospital. Falando no valor de distribuir folhetos, leve o grupo numa tarde à praça para fazer isto. Após dizer que há alegria em levar almas a Cristo, ajude o aluno a ganhar almas, ensinando-o a usar o Livro Sem Palavras e levando-o a fazer o evangelismo pessoal. Ensinando sobre oração, faça com que a classe ore a respeito de assuntos definidos, mencionando as respostas às orações.

Material extraído da Internet e adaptado - desconheço autoria



1. Criança: Um ser inteligente.
2. Observe e atenda as necessidades básicas da criança:
Físicas - Desenvolver seu físico e seus sentidos natos (visão, audição, olfato, paladar e tato). Espirituais - Alimentar através da Palavra, Oração e prática da vida cristã. Intelectuais. Sociais. Emocionais.
3. Use de várias recursos didáticos para desenvolver e atender as necessidades das crianças: Criatividade, disposição.
4. Características das crianças: Agitadas e irregulares Curiosas Imaginativas Afetivas Sugestionáveis e crédulas Vivem no presente em desenvolvimento Instáveis Receptivas Detalhistas Espontânea Egocêntricas.
5. Seis necessidades gerais, segundo Robert Joseph Chour Jr. Uma criança precisa de AMOR Uma criança precisa SENTIR-SE SEGURA Uma criança precisa SENTIR-SE ACEITA Uma criança precisa de DISCIPLINA Uma criança precisa de INDEPENDÊNCIA Uma criança precisa de RECONHECIMENTO DO SEU VALOR
6. Crianças aprendem de maneiras diferentes: Criança visual - ver e escrever Criança auditiva - ouvir e falar Criança tátil - tocar e manipular Criança sinestésica - movimento e participação
7. Sugestões - Dependa completamente do Senhor: Prepare-se bem Lembre-se do contato visual Use e abuse de expressões faciais Uso da voz Faça gestos Coloque-se no lugar do personagem Seja bastante criativo e ousado Motive as crianças Observe a linguagem Utilize várias versões Bíblicas.
8. Utilize e pesquise em outras traduções Bíblicas:
RA - "Comê-lo-eis em todo lugar, vós e a vossa casa, porque é vossa recompensa pelo vosso serviço na tenda da congregação". NVI - "Vocês e as suas famílias poderão comer em qualquer lugar o que sobrar, pois é o pagamento que vocês recebem". NTLH - "Vocês e suas famílias poderão comer dessa porção em qualquer lugar, pois é o salário pelo trabalho de vocês na tenta do encontro".
9. Merecem toda a atenção: 58% da população têm menos de 15 anos 3,5 bilhões da população mundial são formados por crianças
10. O que tem influenciado as crianças: TV Internet Celulares Vídeo games Colegas Vida urbana ou rural Mídia Professores Pais, avós e parentes  Revistas e revistinhas Livros Times de futebol e torcidas organizadas Gangs Ídolos
11. Medite:Rm 12.7 - "Se ministério, dediquemo-nos ao ministério, ou o que ensina esmere-se no fazê-lo".Ec 9.10 - "Tudo quanto te vier para fazer, faze-o conforme as tuas forças",Cl 3.23 - "Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo coração, como para o Senhor e mão para homens".

ESTRAIDO DO SITE:
http://www.centroevangelisticoebg.org/pub/pagina/estudo/p

COMO TRABALHAR COM A CLASSE DO BERÇÁRIO

COMO TRABALHAR COM  A CLASSE DO BERÇÁRIO
Classe do Berçário


A criança nesta idade está descobrindo o mundo! É importante que o ambiente que a recebe seja agradável. Deve ser bem iluminado, o mais espaçoso possível, seguro e ventilado (sem umidade).

Como ela está percebendo tudo em seu redor, devemos ter um ambiente bem colorido (evitar tons fortes), alegre e arrumado (ela está captando tudo à sua volta, por isso a organização deve ser um fator observado por nós).

1 - ORNAMENTAÇÃO:
A porta da sala é o cartão de recepção. Lembre-se sempre de ter nela um motivo bem alegre.

2 - MURAIS:
Os murais não devem ficar em lugar muito acima da cabeça dos pequenos, senão não serão observados por eles. Também não devem ficar em lugares muito baixos para que não arranquem as gravuras.

3 - ORNAMENTAÇÃO POR TEMAS:
A sala poderá ser ornamentada por temas, tendo o cuidado de não usar personagens de "quadrinhos" ou desenhos animados. Podemos escolher os bichos, por exemplo, e assim selecionar diferentes animais, espalhando-os pelas paredes da sala.

Ter cuidado para não confeccionar desenhos com tamanhos desproporcionais, onde a girafa é do mesmo tamanho que o cachorro por exemplo; nem esquecer de colocar o chão (grama, pedras), para que os animais não fiquem "flutuando".

4 - ORNAMENTAÇÃO POR "CANTINHOS":
Separa-se na sala lugares específicos para atividades específicas. Por exemplo: Cantinho da história, da natureza, da dramatização, da música, da Bíblia...

É importante procurar desenhos que sinalizem cada lugar. No "Cantinho" da história, por exemplo, ter desenhos de diferentes livros, das ilustrações e personagens. São imagens visuais que fazem lembrar, que remetem à história. No "Cantinho" da música, pode-se colocar desenhos, painéis, murais com figuras de crianças cantando, notas musicais, instrumentos, etc.

Observações:
a) Os desenhos ficam mais atrativos quando não estão colados na cartolina retangular, mas com a silhueta do desenho;
b) Os desenhos devem ser trocados periodicamente para evitar que as crianças percam a motivação.
c) Caso prefira desenhar e pintar as paredes, deve-se ter o cuidado de contactar um bom desenhista e um bom pintor.

5 - ORNAMENTAÇÃO TAMBÉM PODE VIRAR BRINCADEIRA!
Coloque um ou dois ganchos no teto de sua sala, prenda nele um fio de elástico de aproximadamente 1/2 cm de largura e pendure bonecos de pano, bolas plásticas (leves) envolvidas em papel celofane ou saco de estopa, e outros brinquedos. Deixe esse fio numa altura em que a criança alcance e assim possa puxá-lo, arremessá-lo, etc, brincando com a decoração. 

Também esses brinquedos devem ser trocados periodicamente. Tenha cuidado na escolha dos objetos usados. Observe se não oferecem algum tipo de perigo para a criança como serem muito pesados, muito duros, terem pontas, etc.

6 - CARTÕES RELÂMPAGO:
Selecione gravuras de revistas, as mais variadas possíveis: bichos, casas, famílias, gente, profissões, objetos, etc. Cuide para que as gravuras sejam bem legíveis e dentro da compreensão das crianças. Em seguida, cole-as em cartolina colorida fazendo uma moldura (procure fazer os cartões de cartolina todos do mesmo tamanho). Caso não tenha disponibilidade do material, cole em papel ofício; podendo colar, dependendo do tamanho da gravura, 2 ou 3 numa mesma folha de papel ofício. Neste caso, as gravuras deverão ter o mesmo motivo para facilitar a compreensão e assimilação da criança. Procure equilibrar a disposição das gravuras na folha.

7 - COMO UTILIZAR O CARTÃO RELÂMPAGO:
Você pode utilizar como se fosse contar a história. Faça uma rodinha, mostre um cartão de cada vez e vá perguntando às crianças o que estão vendo, qual o nome do objeto, onde se compra, para que serve,... Elabore as questões de acordo com as gravuras.

Eles também podem ser usados para fixação da história: selecione o cartão que tem relação com a história, cubra-o com papel celofane e prenda-o com fita crepe no chão. Deixe que a criança passe por ele pise, olhe e brinque... Caso rasguem o celofane, seja criativa! Utilize-o numa colagem em grupo!

8 - FAZENDO QUADROS:
Você pode colocar papéis de cores, estampas e formas diferentes para decorar o ambiente. Coloque-os na altura da criança para que ela manipule, experimente e visualize as cores, as formas, etc.

É provável que esses papéis não durem muito. A criança nesta faixa etária está em fase de experimentação e certamente irá colocar o dedinho, puxar o papel, etc. Não fique frustrada(o)! Faz parte do seu desenvolvimento. Sendo assim, não coloque desenhos elaborados. Utilize papel de presente, papel laminado, de embrulho de ovo de páscoa, ... onde o papel por si só já é um atrativo.

9 - ORNAMENTANDO E CRIANDO COM O CHÃO:
Além dos cartões relâmpagos, pode-se utilizar brinquedos ou objetos cobertos com celofane ou saco plástico transparente para reforçar a história. Isso dará nova vida ao chão e colorirá sua sala! Lembre-se, não é uma ornamentação fixa! É somente para reforçar sua lição.

Caso você conte a história das 100 ovelhinhas, por exemplo, poderá selecionar gravuras sobre fazenda, ou um fio de lã, band-aid, folhas... Ou seja, algo que tenha ligação com a sua história.

10 - UTILIZANDO CORDAS DE NYLON:
Coloque ganchos nas paredes da sala , prenda neles cordas de nylon (de modo que formem um ângulo de 90º) e enfie aí alguns brinquedos como argolas, rolinhos de cabelo... Deixe que as crianças se divirtam deslizando-os sobre a corda.

Os ganhos também podem ser usados para a criação de um varal onde o professor(a) pendura nele diversos objetos ligados à lição. Por exemplo, se a lição for Jesus acalmando a tempestade, pode-se pendurar no varal fotos de tempestades, de navios, etc.

Você também pode providenciar gravatas ou tiras, prendê-las no varal e fazer o balanço do barco. Cada criança pode segurar uma gravata, ou simplesmente sentir o movimento das tiras.

Uma outra sugestão é pendurar no varal tecidos (cortininhas), toalhas ou panos de prato, na altura do rosto da criança de forma que ela possa se esconder. Nessa idade ela ainda não tem noção do esquema corporal, por isso, quando cobre o rosto acha que ninguém pode vê-la; daí surge uma gostosa brincadeira de esconde-esconde. Pode ser utilizada, por exemplo, ao contar a Parábola da moeda perdida.

Observação: É fundamental que a professora(o) brinque com a criança em todos os momentos. Tenha um lugar reservado para expor os trabalhos das crianças na própria sala (ou próximo). É importante que elas vejam suas experiências. Nessa etapa a criança não está preocupada com o resultado final da atividade, mas com a vivência delas. Por isso, não faça os trabalhinhos pelas crianças, nem os critique: somente incentive a participação do grupo nas atividades propostas.

11 - ALMOFADINHAS, ALMOFADAS E ALMOFADÕES!!!
O uso da almofada é fundamental nesta faixa etária. Elas gostam de se recostar, deitar,... Isso torna o ambiente mais aconchegante e acalma a criança. Podem ser de várias formas, cores e tamanhos.

Sugerimos também a confecção de um "minhocão". Ele não só terá a finalidade acima, como também auxiliará no momento da história ou atividade delimitando o lugar onde você quer que elas façam a rodinha.

Observação: As almofadas podem ser feitas de retalhos coloridos. 

Os créditos são da IgrejaMetodista DNTC.
http://www.escoladominical.net/

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

DICAS E TRUQUES DO EVA



Dicas e Truques do EVA



Bem as dicas abaixo foram retiradas do grupo "FANTÁSTICO MUNDO DO EVA" no Flickr  e são interessantes e estão com os devidos créditos que amigas artesãs de lá deram.

Espero que  gostem  e aprendam como trabalhar com o EVA.

fonte:http://famaeva.blogspot.com.br/


Dica de Masan Arteira:

ETIL VINIL ACETATO
Este é o nosso tão famoso EVA...entrou no mercado artesanal em meados de 1998 (antes era usado somente em chinelos e alguns poucos itens), e de la pra cá só tem crescido... isso graças a sua facilidade de manuseio e armazenamento, o seu lindo colorido e também por ser muito versátil! Chegou tímido, com peças simples e mais voltado para o mercado pedagógico... foi se aperfeiçoando com o passar dos anos e hoje ele já é utilizado sozinho, em peças perfeitas para todas as ocasiões ou unido a todo tipo de material artesanal como: decoupagem, pintura, aplicações, reciclagem etc... graças a grande criatividade dos artesãos que o utilizam e adoram...

Nem só de lembrancinhas vive o EVA...... Hoje existem peças para diversos ambientes, da casa, decorações que não são mais exclusivas para o universo infantil como no inicio,mas também e muito bem aplicado, para adultos em peças divinas ! Existe uma verdadeira INFINIDADE de técnicas,ele tem ganhado força e lugar nobre na decoração da casa, como decoração de quartos, bolsas, carteiras, relógios de parede, espelhos, materiais para escritório, jogos para cozinha e banheiro, flores, porta trecos,colares, brincos , enfim... Um mundo de possibilidade para que possamos produzir com um custo mínimo, pois, este material alem de maravilhoso é super acessível! E, claro.. ganhar dinheiro, de repente até para o nosso sustento. Já existem pessoas q fazem deste seu único meio de vida...
EVA traz uma grande variedade de cores e texturas e os resultados irão te surpreender, mas atenção: Um corte preciso é FUNDAMENTAL para q as peças de Eva tenham um acabamento impecável... Quem faz um numero reduzido de peças poderá utilizar apenas tesouras porem para quem trabalha com produção em larga escala, é preciso lançar mão de facas profissionais, que funcionam com uma prensa manual ou elétrica cortando com mais rapidez e melhor precisão. Outra maneira eficiente de trabalhar com o Eva é utilizando os apliques q já se encontra prontos ou encomendar o serviço de corte especifico em lojas especializadas.

Dicas e truques:

**COLAGEM: Pode ser feita com cola quente, cola de contato ou cola de preparação – as duas ultimas são mais eficientes.

-A cada etapa de colagem espere a cola secar antes de partir para a nova fase, assim as peças não saem da posição.

-Não exagere na quantidade de cola,no caso de cola de contato, passe uma camada fina na superfície a ser colada, una e separe em seguida as duas partes, deixe secar por uns 15 segundos e una-as novamente, assim estará definitivamente colada.

-O tempo de secagem da cola depende do tamanho da superfície, quanto maior, mais tempo. Sendo assim, verifique q ela atingirá uma cor opaca em alguns minutos, e só   quado isso ocorrer as peças poderão ser unidas.

- Cola quente provoca ondulações no trabalho, use-a apenas se quiser moldar o EVA.
Outro problema com a cola quente é que solta fios e queima-se a mão com facilidade. Para não soltar fios após passar a cola pressione (limpe) a ponta da pistola no EVA antes de retirar.

-Se cair cola sobre o EVA remova-a imediatamente com um pano umedecido em Álcool.

**CUIDE-SE: Trabalhe em local arejado e use mascara, o cheiro da cola é muito forte e pode intoxicar

**USE TESOURAS afiadas e limpas. As menores, de ponta curva, são mais indicadas para peças pequenas e as tesouras maiores para as peças grandes, ja para cortes retos utilize estilete e régua.

**OUTRA DICA PARA CORTAR O EVA com precisão é utilizando cortadores de Biscuit (ou aqueles de alumínio para bem-casados) marque o desenho pressionando o cortador com o desenho escolhido sobre o EVA, assim ficará vincado, em seguida corte com a tesoura.

** FAÇA MOLDES das partes da arte escolhida, transferindo o risco com papel carbono para um papel cartão e recorte. Isso facilitará para q você faça varias peças idênticas e assim o trabalho rendera muito mais.(Obs: NÃO UTILIZE PAPEL CARBONO DIRETO NO EVA POIS PODE MANCHAR!!)

** PREFIRA RISCAR o EVA com lápis e de leve, assim fica mais fácil de limpar caso necessário, evite canetas, a tinta da caneta não sai com a mesma  facilidade...

** PARA LIMPEZA da placa utilize um pano com detergente ou álcool! (o ideal é um tecido de fralda) as manchas secas são mais fáceis de remover.

**PROCURE TRABALHAR COM VAZADORES, eles facilitam os cortes de detalhes, deixando assim as peças mais bem acabadas,pois as peças muito pequenas são mais difíceis para o corte!

**PARA NÃO DEFORMAR nem provocar marcas nas placas de EVA o ideal é guarda-las enroladas.

**É POSSÍVEL REMOVER DOBRAS E VINCOS , por ser um material expandido, ele “obedece” sob a ação do calor. Pode ser utilizado ferro de passar roupas e até mesmo um secador de cabelos resolve o problema.

**APROVEITE TODAS AS SOBRAS para recortar figuras pequenas, fazer flores, olhos bocas, corações estrelinhas, etc... da pra utilizar em diversas coisas, fazer enchimentos substituindo a manta acrílica, pra fazer mosaicos .... guarde também para fazer apliques, e quem sabe seja mais uma fonte de renda. Nada no EVA é descartado.

** SEMPRE Q FOR FIXAR materiais diversos no EVA raspe um pouco o local com estilete para ficar poroso, assim facilitará a penetração da cola. Cole tecidos, galão, veludo, sintético, paetês, pedras, purpurina, pelúcias , enfim, tudo q sua imaginação desejar!!!

O sucesso de suas peças está na sua CRIATIVIDADE.
A surpresa vem, principalmente da habilidade e da capacidade de produzir peças belíssimas e divertidas. Personalize seus trabalhos com seu toque de leveza, harmonia e beleza! Inspire-se nestas dicas preciosas....

Volte sempre .... estaremos sempre renovando o tipico e postando varias dicas e novidades sobre este maravilhoso material q amamos!!
Se você ainda não o ama com certeza amará ao primeiro contato!!



Dica de Andrea Deconart's:

1º CORTE - Ao cortar vire o e.v.a. e não a tesoura isso vai ajudar a sua peça a ficar perfeita, lembrando que deve utilizar o meio da tesoura e não a ponta, para não ficar picotes e deixar suas peças ainda mais perfeitas.

2º LIMPEZA - A acetona e álcool são os melhores produtos para retirar o excesso de adesivo de contato use sempre algodão e para as manchas pequenas o cotonete é o mais indicado.

4º PARA DESENHAR - utilize canetas permanentes aquelas que são usadas em CD/DVD elas não mancham e também não saem com água, também são indicadas as canetas para retroprojetor e esferográficas, mas elas mancham e borram facilmente, utilize a caneta permanente.

5º PINTAR O E.V.A. - Indico lápis de cor aquarelável, e deixe a água em um algodão para não encharcar o trabalho, também pode ser usada tinta para tecido.


Dica de Rosypepper:

Material para começar a trabalhar com e.v.a:

-Lápis macio
-Tesoura grande
-Tesoura pequena com ponta fina(fundamental)
-Caneta permanente
-Cola quente
-Cola de contato(uso a Brascoplast)

Quanto a cola é a campeã de e-mails.
É a famosa cola de sapateiro.
Aqui não se ganha nada,por divulgar a marca, pelo contrário,então use a marca da cola que encontrar na sua cidade.Falo isso porque muitas pessoas perguntam qual a marca q eu uso.
Uso esta pq,foi a que encontrei quando comecei a comprar.O importante é ser de contato.

Nunca pesquisei se existe outro marca dessa cola.
Me perguntam qual a diferença entre as duas, quente e contato.Vai da preferência de cada um.
Uso as duas,dependendo do acabamento.
Cada uma é diferente,quem tem alergia(tipo renite), não deve usar a de contato,que tem cheiro forte.

Tintas:

- tinta pva latêx
- tinta acrílica
- tinta relevo multidimensional
- lápis aquarelável para contornos e sombreados

A tinta relevo com ou sem glitter pode ser aplicada tanto nas bordas para o relevo,como em toda a peça com pincel.A Acrilex lançou a tinta relevo Acqua,que é a mesma dimensional Glitter só que mais barata,e em tons mais claros,dá um toque especial nas mais diversas peças de e.v.a.

Sombreado:

Para facilitar o sombreado, pode-se usar cotonete.Também pode-se fazer o sombreado usando a técnica da pintura em madeira,com pincel chanfrado.

Verniz:

Quanto a verniz,já utilizei verniz acrílico,para peças que ficam no tempo como guirlandas para porta.

Decoupagem no e.v.a:

O e.v.a aceita papel pra decoupagem,guardanapo,etc...
Uso a cola para decoupage acrilex da tampa laranja, para papel,e a gel para guardanapo.Mas já vi
postagens que falam pra usar a cola branca de rótulo azul.Deve-se passar só o essencial de cola,
porque se for usada,imagem para decoupagem,impressa por impressora colorida e papel normal A4,muita cola, passa para cima e mancha o papel.

Decoupage em geral:

Então vamos as dúvidas quanto a impressão de imagens.O tema é meio polêmico,então vou relatar como eu faço imprimo a imagem no papel comum A4,numa impressora HP hotosmart,jato de tinta.
Deixo secar bem.Já aconteceu,de ter que fazer um presente de última hora,e usar a imagem, recém saída da impressora.Quando você passa a cola por cima,borra.O que não acontece,quando a imagem está bem seca.O procedimento é o mesmo para os papéis e guardanapos,comprados prontos,cola por baixo e cola por cima da imagem. Depois é só passar verniz acrílico por cima.
Vou fazer uns testes,quanto a imprimir imagens em papel próprio para fotos.
Cola,verniz

Dica de Karina Henriques:

1-LIMPEZA: Eu uso acetona e cotonete para limpeza da cola de contato.
Para limpar o E.V.A. sujo de poeira eu utilizo detergente e bucha scott brite, lavo e coloco para secar na sombra.

2- E.V.A. ESTAMPADO: Utilizo a técnica ensinada pela Ana Paula, de colar o tecido no E.V.A. com cola branca e esperar secar por 1 dia. Assim tenho E.V.A´s estampados de diversos tipos, além dos que o mercado nos oferece.

3- APLIQUES: Utilizo as forminhas para biscoito em várias formas, mas antes as aqueço no fogo do isqueiro e em seguida pressiono contra o E.V.A.

4- ENCHIMENTO: Utilize os restos do E.V.A., ou Acrilon.

5- CORTE EM CÍRCULO: Utilize latas de extrato de tomate, leite condensado, mas antes dê uma afiada nas bordas.


Dica de Vaca Festeira:

1- Para desenhar moldes na EVA preta uso caneta brilhosa prata.

2- Quando não tiver furador de EVA, use o ferro de solda.

3- Para fazer sombreados uso maquiagens e cotonete.

4- Para retirar as imperfeições do corte, pode-se utilizar uma lixa, passando nas pontas sempre com cuidado.


Dica de Amalia EVA:

1º Nunca desamine ao ver seus primeiros cortes....

2ºO segredo do corte é você  treinar e sempre virar o e.V.A e não a tesoura ....

3ºSempre que  for montar uma peça sempre cole em cima de outro e.V.A pra q não vejem a montagem e outra o trabalho fica mais caprichado........

4ºDar pra usar pirografo no e.V.A ele da um efeito relevo....Eu uso ele pra fazer milho(Imã De geladeira)

Da pra usar também nas folhas das flores......Fica lindo.......

5º Porta retrato o melhor e fazer com e.V.A mais grosso para q fique uma peÇA firme....


Dica de Lucy@@@:

1ºEu uso um palito para transferir o molde para o e.V.A assim não Fica marca de caneta,mais cuidado Ñ Pode apertar o palito se não  danifica o e.V.A.

2ºFaça a boquinha com aqueles cortador de biscuit redondos,molha na tinta e aperta no rostinho,fica redondinha a boca.

3ºPara eu fazer e.V.A estampado, faço  assim, passo cola no pedaço de E.V.A do tamanho que quero e e colo pano estampado encima cuido para não  Ficar enrugado e deixo secar,podendo usar onde eu quiser.Assim tenho estampa que ninguém tem.


Dica de Monie Souza:

* dá pra utilizar lixa de unha ou lixa d´água pra retirar as rebarbas e imperfeições na peça .

*é preferivel armazenar as placas de EVA sempre abertas , para que não fikem marcadas.

*nunca se esqueça de quando utilizar o lápis pra transferir o molde , manter o lado riscado pra trás.


Dica de Clema Artesanato:

1º Para pintar se vc usa tinta PVA , depois de 24h passe verniz ou selador assim dará para lavar a peça , pois a tinta pva é a base de água ...

2º Para fechar as peças de enchimento sempre passe a cola com um auxilio de um palito ou pincel sem ponta .. pois dai a peça ficara com um acabamento .. se não as vezes pode acontecer uns acidentes e quando você terminar de encher uma parte ficar muito grossa tornando a peça feia ..

3º para você fazer cabeças de magrelas , ou envolver algo com e.v.a sempre pegue um pedaço maior .. e passe sempre da linha que você vai cortar , assim não ficara rugas , no e.v.a ...

4º ao esquentar o e.v.a para modelar o jeito mais rápido é com o ferro , dá até para fazer os cabelos encaracolados... pode passar o ferro no e.v.a sem o auxilio de pano .. assim quando o e.v.a soltar do ferro quer dizer que esta no ponto ... e pra trabalhos menores ou se você não quer gastar tanto .. use a  VELA .. só não encoste na chama (:

5º se você for cortar peças muito pequenas use o auxilio de uma pinça para segurar a peça.. ficara mais fácil ( claro se você não tiver um cortador )


Dica de arte com festa:

1- Para fazer florzinhas fofas e com relevo, eu corto o eva na forma de tulipa, por exemplo, com o ferro de passar virado com a chapa pra cima eu coloco as florzinhas cortadas e espero até o calor fazer com que elas fiquem "gordinhas". Serve também para fazer fone de ouvido, balão, bolsinha, laço, botão,etc....e depois a peça fica durinha, fácil de trabalhar..

2- Para cortar o eva na forma redonda eu uso o compasso, que tem uma ponta de metal bem fininha, ele deixa a marca profunda e na hora de cortar a tesoura corre com mais segurança.

3- Quando uso a cola glitter , para deixar o relevo em linhas ou bolinhas, aplico a cola em quantidade para fazer o relevo e uso o secador bem quente para formar uma "casquinha" por fora, assim, quando secar completamente os detalhes que você fez ficam como na hora em você usou a cola.

4- Para cortar o eva em linha reta, uso o estilete com régua, sai perfeito. Coloque sempre uma base solida por baixo para dar firmeza na hora do corte.

5- Para fazer alguns tipos de penteados nas fofuchas, depois de colar o eva pele do rostinho, cole os fios de cabelo na parte que ficou o isopor em direção do eva pele(rosto) depois cole o eva da parte de trás da cabeça, assim você não vai precisar fazer a faixa entre as duas cores e fica bem legal. Vale também para franjinhas!


Dica de Roberta:

o que fazer com os retalhos do E.V.A????

Pois, o E.V.A é um material que demora muito pra se decompor na natureza...por isso, quando sobra tiras ou retalhos dos E.V.AS, eu corto em quadradinhos ou retângulos e faço mosaicos de E.V.A, fica um trabalho bonito e você. aproveita todo material....evitando assim poluir o meio - ambiente.

Dá pra fazer chaveiros, colagem em caixas, bloquinhos...enfim o que sua imaginação quiser fazer!!!!


VEJA OUTRAS POSTANGENS RELACIONADAS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ARQUIVOS DO BLOG