Seguidores

sexta-feira, 8 de maio de 2015

SUGESTÕES PARA CULTO DOMÉSTICO

SUGESTÕES PARA CULTO DOMÉSTICO
Fonte : http://educadoradiane.blogspot.com.br/

Sugestões para o Culto Doméstico
 A seguir sugiro algumas alternativas que preparei para esses momentos familiares na presença do Senhor da Família. São sugestões simples que podem ser melhoradas ou modificadas conforme a necessidade.
SUGESTÃO 1 – O que faz da casa um lar?
O objetivo é ajudar os membros da família a apreciar o seu lar e a fazer ao menos uma coisa para que seu lar seja um lugar mais feliz.
ANTES DE COMEÇAR... vamos pensar.
Raramente reservamos um tempo para, como família, pensarmos nas muitas belas maneiras pelas quais Deus nos ajuda a fazer de nossa casa um verdadeiro lar. Algum dia os filhos refletirão sobre o seu lar e reviverão recordações que nós construímos agora. Sobre o que irão pensar? Terão boas lembranças, por meio das quais renovarão as suas forças?
Deus quer construir belos lares cristãos através de nós.
1ª dia
•             Espalhe pela casa fotos dos pais antes do casamento, da época do namoro e do noivado.
•             Ser for feito durante o dia, conversem, respondam perguntas e falem sobre essa época.
•             No momento do culto, contem algumas curiosidades sobre esses dias antigos e enfatizem o cuidado que tiveram para que o sonho de uma família se tornasse real.
•             Se houver crianças, respondam as perguntas que de certo surgirão.
•             Leiam Salmos 127.1. Com crianças, utilizem a Bíblia na Linguagem de Hoje.
•             Conversem sobre o que entenderam do texto.
•             Se as pessoas se amarem, mas se Deus não estiver junto, as coisas não vão dar certo. Deus quer cuidar e ajudar as famílias a serem felizes, desde o início.
•             Cantem um cântico ao gosto de todos.
•             Orem agradecendo a Deus pela família que têm.

2º dia

•             Escreva em pequenos papéis, os sentimentos que existem em um lar (exemplos: amor, raiva, doçura, amizade, felicidade, perdão...) ou mostre desenhos que representem tais sentimentos.
•             Durante o culto, cada um retirará um papel, lerá o que está escrito e dirá se concorda ou não com tal sentimento.  Ou, se houver crianças muito pequenas, os pais podem ler e falar com exemplos concretos, um momento do dia a dia em que eles tenham vivido aquele sentimento.
•             Ler ou recitar o texto de João 3.16.
•             Comentar que o principal sentimento que constrói a família, é o amor. Deus é amor. Ele nos ama tanto que veio ao mundo para morrer em nosso lugar. É Deus que enche nosso coração de amor para que possamos dá-lo às pessoas.
•             Aproveite para falar da salvação se houver um membro da família que ainda não tenha Jesus como Salvador.
•             Peça para que cada um fale uma palavra de amor ou de apreciação para um outro membro da família.
•             Cantem um cântico ao gosto de todos.
•             Orem juntos agradecendo o amor de Deus.

3º dia

•             Comece pedindo a cada participante para escolher um objeto ou brinquedo que o deixe alegre ou que lhe traga boas recordações.
•             Deixe que cada um mostre o objeto e explique porque escolheu tal objeto.
•             Dizer que todos nós podemos ser instrumentos importantes para a alegria da família. Aquilo que pensamos, dizemos ou fazemos influencia na harmonia do lar. Para as crianças enfatize que as boas atitudes deixam todos felizes.
•             Que atitudes podemos ter para fazer a família mais feliz? Deixe que falem todos os que desejaram.
•             Deus deseja que a família seja muito feliz. Uma das maneiras disso acontecer é louvando o Senhor e agradecendo por todas as coisas que estão acontecendo. Ele nos enche o coração de alegria!
•             Leia em conjunto Salmos 145.1-4. Se não for usada a Linguagem de Hoje, explique alguns termos, como: exaltar, bendizer, digno, insondável, geração...
•             Cantem um cântico ao gosto de todos.
•             Orem juntos louvando o Senhor e agradecendo por tantas alegrias Ele nos tem dado.

4º dia

•             Leve uma caixa de presente para o culto, contendo diversos bombons apreciados por todos.
•             Pergunte o que acham que há na caixa. Aguarde as respostas.
•             Abra a caixa e deixe que todos vejam o que há dentro dela. Diga que cada um só poderá escolher um bombom para comer.
•             Comente que algumas vezes é difícil fazer escolhas corretas. Cada escolha que fazemos afeta não somente à pessoa que escolheu, mas às que estão próximas a si.
•             Do mesmo modo na família. O que cada um escolhe todos os dias, falar com bondade ou não, perdoar ou não, ajudar ou não, faz uma grande diferença no convívio de todos.
•             O que não agrada a Deus é pecado. Mas podemos escolher fazer o correto.
•             Leiam juntos Salmos 119.11. Diga que o salmista escolheu conhecer a vontade de Deus para não fazer escolhas erradas. Isso alegra muito o coração do Senhor.
•             Cantem um cântico ao gosto de todos.
•             Orem juntos pedindo a Deus que ajude a cada um nas escolhas que fazem, dentro e fora do lar.

5º dia

•             Conte a seguinte história:
Certa vez um homem que precisava viajar para um lugar distante, pegou o seu cavalo e, andando ao lado dele, começou a sua viagem. De repente alguém comentou: - Mas que desperdício, rapaz. Por que você não monta no seu cavalo? Se você for a pé, vai se cansar muito.
O homem agradeceu a sugestão. Montou no seu cavalo e continuou a viagem. Lá na frente outra pessoa falou: - Mas, que absurdo! Um homem deste tamanho montado num pobre animal! Você devia carregar o pobre cavalo.
O homem agradeceu o conselho. Pegou o cavalo nas costas e continuou a viagem.

•             Pergunte: O que há de errado ou absurdo na história? Será que temos carregado muitos cavalos também?
•             Podemos dizer que os problemas, os medos, o desânimo, são como uma carga pesada demais para carregarmos. Se apenas deixarmos tudo aos pés do Mestre, ele nos alivia a carga e salva a família de muitas tristezas.
•             Peça que cada um leia um versículo que pode ser chamado de remédio para essas doenças que ameaçam as famílias: Para a tristeza - Salmos 118.24; para o desânimo – Salmos 43.5; para o medo – Salmos 56.3; para a raiva – Salmos 37.8; para as dúvidas – Salmos 11.1a; para a insegurança – Salmos 4.3; para as lágrimas – Salmos 30.5b; para vencer os inimigos – Salmos 7.10.
•             Se puder, escreva os versículos em pequenos papéis, enrole cada um separadamente e coloque-os num pequeno recipiente representando um vidro de remédio com pequenos comprimidos.
•             Cantem um cântico ao gosto de todos.
•             Orem agradecendo a Deus porque Ele cuida de cada um da família e de todos, aliviando todas as dores e cargas.


Sugestões adaptadas do livro Passatempos e Brincadeiras para a Família, e da revista Sugestões de Cultos para Crianças.

0 comentários:

Postar um comentário

COMPARTILHES NAS SUAS REDES SOCIAIS

ARQUIVOS DO BLOG