Seguidores

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

VÁRIAS IDEIAS PARA HOMENAGEAR OS PROFESSORES DE EBD

IDÉIAS PARA HOMENAGEAR TODOS OS PROFESSORES OS MAIS, MAIS!!!

Faça uma pesquisa na igreja, para saber a opinião dos irmãos e das crianças, quem serão os professores eleitos Os MAIS, MAIS  nas seguintes categorias:
1. O mais Simpático

2. O mais Alegre
. 3.O mais Paciente

4.O mais Elegante

5.O mais Criativo

 6.O mais Conselheiro

 7.O mais Extrovertido

8.O mais Antigo

9.O mais Disposto

 10.. O mais Versátil (que já foi professor de várias classes) No dia do Professor, faça a apresentação dos eleitos à igreja, oferecendo um prêmio a eles. Além do brinde pode ser feita uma faixa (tecido ou papel), para ser colocada pelo representante da direção da igreja.

 CARTAZ DE FOTOS DOS PROFESSORES

Com antecedência, tire uma foto de cada professor do EBD. Peça para que, no momento de tirar a foto, ele faça uma expressão pensativa, mas não conte para quê as fotos serão usadas. Dê para cada professor um papel e peça para que ele escreva, em poucas palavras, como se sente em ser professor da Escola Bíblica. Faça um cartaz com as fotos dos professores e em cada foto um balão, como se eles estivessem pensando, com a frase referente de cada professor. Exponha esse cartaz num local onde toda a igreja possa ver, ou faça uma exposição no data show em uma homenagem rápida durante o culto da igreja, com o consentimento prévio do pastor local.

ACRÓSTICO COM VERSÍCULOS DA BÍBLIA

Em qualquer data podemos aproveitar para achar versículos com as letras referentes à comemoração. O acróstico fará parte do programa, com cada pessoa apresentando uma letra. Isto pode ser feito de diversas formas
1. As letras podem fazer parte da decoração, e, no momento de falar, cada pessoa ficará de pé perto da letra do seu versículo.

 2. Figuras ou fotos associadas com a data podem estar nas mãos das pessoas que falam o acróstico. Ao falar o versículo, cada um vira a sua figura, para mostrar a letra correspondente no verso.

3. As pessoas podem estar sentadas e se levantarem quando chegar a vez de acrescentar a sua letra.
4. Ao falarem os seus versículos as pessoas podem fixar as letras em um mural colocado à frente

. 5. A maneira tradicional é todos irem à frente, segurando a letra correspondente ao seu versículo, e falarem pela ordem. 6. O versículo pode ser falado sem o recurso visual. O importante mesmo é usar a Palavra de Deus, e há sempre versículos que podem ser pronunciados para estímulo e meditação.

ACRÓSTICO DO PROFESSOR:

 Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (II Tm 2:15)

 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. (Pv 3:6)

O sábio de coração será chamado prudente, e a doçura dos lábios aumentará o ensino. (Pv 16:21)

Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, respeitável, justo, puro, amável, de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isto o que ocupe o vosso pensamento. (Fp 4:8)

Ensina a criança no caminho em que deve andar e, ainda quando for velho, não se desviará dele.
 Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino. (Rm 12:7)

Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre. Amém!. (I Pe 4:11)

Ouve-me quando eu clamo, ó Deus da minha justiça; na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração. (Sl 4:1)

 Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegra no meu Deus, porque me vestiu de vestes de salvação, me cobriu com o manto de justiça, como um noivo que se adorna com atavios e como noiva que se enfeita com as suas jóias. (Is 61:10) 

FONTE O  MARAVILHOSO SITE

domingo, 8 de outubro de 2017

BRINCADEIRAS BÍBLICAS PARA A HISTÓRIA A PESCA MARAVILHOSA


A Pesca Milagrosa - Brincadeiras


 

1- Barco Bíblico: Sente as crianças em círculo, dê um barco de papel para que passem enquanto a música estiver tocando, quando a mesma parar, quem estiver com o barco deverá sortear uma pergunta e fazer para qualquer integrante de outra equipe.

2- Encontrando o Tesouro: Prepare um tabuleiro com vários níveis. O nível 1 onde estão as ondas do mar e um barco, o último nível onde estão os baús e tesouros. Divida as crianças em grupos. Escolha um de cada grupo para iniciar. Todos começam o jogo no nível 1 e para avançar de nível a criança sorteia uma pergunta sobre a história, se a mesma acertar a resposta, avança se não continua no mesmo nível. Troca-se de criança a cada pergunta para que todas possam participar. Ganha o grupo que chegar ao último nível primeiro.

3- Peixinhos e Tubarões: Deixar uma área neutra, onde os tubarões não poderão pegar os peixinhos. Separe as crianças em dois grupos, um  para formar o time dos peixinhos e o outro o dos tubarões.  Coloque uma música para tocar bem baixinho, os peixinhos saem para passear. Quando aumentar o  volume da música, os tubarões saem para tentar pegar os peixinhos que deverão voltar correndo para o local neutro. O peixinho que for pego vira tubarão

4- Pescaria Bíblica: Confeccionar varas de pescar com bambu, barbante, clipe para ser o anzol e "peixes" de E.V.A. (bem colorido, com um saquinho de doce colado atrás e no saquinho cole uma tirinha com uma pergunta sobre a história). Prenda um clipe em cada peixe para facilitar a pesca e encaixe-os numa bacia ou caixa de papelão com areia. Cada criança deverá pescar um peixe, mas para poder ficar com ele e com o saquinho de doce  precisa responder corretamente a pergunta que consta em seu verso. Vence a equipe que conseguir juntar o maior número de peixes (dê um doce  para os que não conseguiram acertar a pergunta e incentive os que ganharam dividir seus doces com aqueles que não ganharam).

5- Jogo de Tabuleiro Gigante: Elabore cartões com perguntas sobre a história contada. Divida a classe em equipes. Sorteie uma criança de cada equipe para ficar no tabuleiro. Um dos componentes da equipe joga o dado, sorteia uma pergunta, se acertar a resposta a criança que estiver no tabuleiro anda o número de casas correspondente caso contrário permanece no local. Ganha a equipe que chegar primeiro ao fim do tabuleiro.

6- Afunda ou Flutua - Encha um aquário com água e separe alguns objetos que afundam e outros que flutuam na água. Separe as crianças em equipes e escolha algumas para representá-las. Ao mostrar o objeto a criança deverá dizer se afunda ou se flutua na água. Se acertar marca ponto para sua equipe. Ganha a equipe com mais pontos.

Sugestões de objetos que afundam: borracha, pilha, papel alumínio amassado, garfo, cenoura, batata, moeda, clips, massa de modelar, ovo, feijão cru, giz, prego, grão de bico cru, etc

Sugestões de objetos que flutuam: canudo, jaca, repolho, maçã, cebola, lápis, giz de cera, garrafa pet vazia, apoio para cortar carne de madeira,                 pente de madeira, melancia, etc                                                                                                                                                                                                     


(Melodia: Um, dois, três indiozinhos)
Pedro, Tiago e João num barquinho. (balançar o corpo como dentro de um barco)
Pedro, Tiago e João num barquinho.
Pedro, Tiago e João num barquinho.
No mar da Galiléia.

Jogaram a rede, mas não pegaram nada. (esticar os braços como se lançassem as redes)
Jogaram a rede, mas não pegaram nada.
Jogaram a rede, mas não pegaram nada.
No mar da Galiléia.

(Falando) Eles ficaram muito cansados de tanto jogar a rede (Imitar um bocejo, e fazer cara de sono)
 Ficaram tristes também. Não pegaram nenhum peixinho!
Jesus disse: Voltem para o mar e joguem a rede de novo. Os discípulos foram obedientes (Todos cantam as outras estrofes, fazendo os gestos):

Cristo mandou que jogassem a rede. (gesto de jogar a rede)
Cristo mandou que jogassem a rede.
Cristo mandou que jogassem a rede.
No mar da Galiléia.

(Jogar na rede muitos peixinhos de papel ou E.V.A.) e dizer: Vejam quantos peixinhos Jesus mandou para os discípulos!

Puxaram a rede, cheia de peixinhos. (gesto de puxar a rede)
Puxaram a rede, cheia de peixinhos.
Puxaram a rede, cheia de peixinhos.
No mar da Galiléia.

Os amigos de Jesus ficaram contentes! Muito contentes!
Então Jesus disse: "Venham me ajudar a levar as pessoas para o Céu."
Eles deixaram os peixinhos e foram com Jesus.



Pescador De Cristo
Sou pescador de Cristo, lanço a rede para o mar
Às vezes me desespero glub glub vou afundar!
Vou afundar ahaaa!
Vou afundar ahaaa!

Mas Jesus é meu amigo, ele vai me ensinar
A nadar! ahaaaa! (bis)
tiroliroliroliro tiroliroliro tiroliroliroliro aha!

Mas Jesus é meu amigo ele vai me ensinar,
a surfar ahaaaaaa! (bis)!tiroliroliro tiroliroliro tiroliroliroliro aha!

A remar
A orar
A escutar
A gritar

A pescar...

 Fonte: 
http://tipo-sem-tipo.blogspot.com.br

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

SUGESTÃO DE PROJETO DIA DAS MÃES


DIA DAS MÃES - Sugestão de programação




   PARA JUNIORES:

Antes do Dia das Mães, com antecedência de, pelo menos, duas semanas, abra um concurso, no  qual os alunos poderão concorrer, escrevendo uma composição com o seguinte tema: "Minha mãe e eu". Estabeleça um limite de 150 palavras. As melhores composições poderão ser lidas no culto da Igreja, no dia das mães, como um reconhecimento especial aos alunos vencedores e suas mães. (acrescentamos a sugestão de que o prêmio seja um presente para a criança entregar a mãe).

   PARA OS PEQUENINOS:

1.   Estas crianças poderão preparar uma decoração, em homenagem às mães. Cada uma precisará de um círculo de cartolina colorida, com mais ou menos 15 cm de diâmetro, onde deverá desenhar um rosto, representando sua mãe. Junte os círculos em grupos de cinco como pétalas de uma flor, e cole no centro da "flor" um círculo menor onde será escrito: MINHA MÃE. De cartolina verde faça a haste e algumas folhas. Para completar, recorte vasos de cartolina marrom (ou outra apropriada). As flores poderão ser amarradas no quadro de avisos ou na própria parede, com fita durex. Acrescente um letreiro bem grande: O DIA DAS MÃES É ....DE MAIO.
2.   Acrescentamos uma outra sugestão baseada nesta: as crianças vão desenhar o rosto da mamãe no círculo e o professor cola em volta, pétalas de flores, depois monta um painel de jardim, escrevendo os dizeres: Mamãe é uma Flor.

   PARA QUALQUER IDADE:

Para encorajar as crianças a fazerem com que o Dia das Mães se estenda por mais tempo, ensine-as a preparar  "Mãos que ajudam a mamãe".
De cartolina, cada criança deve traçar de 4 a 6 silhuetas de sua própria mão, recortando-as em seguida. Conforme a idade da criança, ela poderá escrever ou desenhar uma coisa que fará para ajudar a mãe: lavar louça, tirar o lixo, varrer, cuidar do nenê, guardar os brinquedos, etc. Com o furador de papel faça um furinho na parte do pulso de cada silhueta de mão, e acrescente um laço de fita colorida, ou um fio de lã. Cada criança entregará as "mãos que ajudam a mamãe", como presente, no dia das mães. Quando a mãe quiser o trabalho prometido, devolverá a "mãozinha" ao filho.
Programa para o dia das mães: O MELHOR LAR DO MUNDO

Cenário- Lar
Personagens- crianças vestidas de: pai, mãe, filho, relógio, criança com a Bíblia, narrador (a quantidade de crianças que tiver, por exemplo: 5 mãezinhas, 4 paizinhos e assim por diante.)

Narrador- Aqui está um lar feliz. Hoje são tão poucos os lares que estão completos... Mas no plano de Deus o lar tem pai, mãe e filhos. Porém estar  completo não é sinal de felicidade. Qual será, então, o sinal de um lar feliz? (crianças: meninos maiores vestidos como papai, meninas maiores como mamãe e os pequeninos como filhos).

Crianças entram cantando:
Se com papai está Jesus, é feliz o lar, é feliz o lar, é feliz o lar.
Se com mamãe está Jesus é feliz o lar, é feliz o lar, é feliz o lar.
Se com os filhos está Jesus é feliz o lar, é feliz o lar, é feliz o lar.

Narrador- Eis o segredo do lar feliz: É ter Jesus como um dos moradores. Papai é legal, trabalhador e responsável.

As crianças falam: Pai, o presente que queremos é que ame a mamãe. Mostrem pelas esposas o mesmo tipo de amor que Cristo mostrou pela Igreja (Efésios 5:25).


Narrador- Os filhos alegram o lar.

As Crianças falam: Os filhos são presentes do Senhor, uma grande recompensa dada por Ele. (Salmos 127:3)

Narrador- Tudo isso é verdade... Agora falemos da mamãe e para a mamãe.

As crianças falam: A mulher sábia faz do seu lar um paraíso, mas a mulher tola, sozinha estraga a vida de sua família (Provérbios 14:1)
Cantam:
Aqui vive alegre pessoal família bem original: Um pai, uma mãe, um irmão, uma irmã, nenê miudinha e gentil - 2x
Que bom ter papai no meu lar Que boa é mamãe para mim feliz é o lar que tem uma mamãe tão sábia cuidando de nós - 2x

Narrador- Sabemos que existem tantas coisas interessantes e importantes a se fazer com o seu tempo, principalmente porque você é uma mãe tão moderna. Mas, queremos lembrá-la o quanto é importante dar de seu tempo para o seu lar, isto significa cuidar do seu marido e dos seus filhos.

As crianças falam: Há tempo certo para cada coisa: Tempo de ficar em casa Tempo de sair de casa. Tempo para ser mãe. Tempo para ser mulher.

Entram os reloginhos e cantam:
( melodia retirada da coleção "Fala-me agora" da APEC)
Tic tac, Tic tac é o reloginho...
Tic tac ouça bem é o reloginho.
Não deixe de separar: tempo para seus filhos (2x)
Diz o reloginho ...Diz o reloginho ...

Narrador- Ouvimos tanto falar sobre ter sabedoria para ser mãe, onde encontramos a tal sabedoria?

Entra uma criança trazendo a Bíblia e diz: A mãe sábia quando ensina seus filhos mostra sabedoria, ensinando e corrigindo com amor.

As Crianças cantam:
Filhos obedecei em tudo a vossos pais, porque isso é agradável ao Senhor. Mamãe não provoqueis os filhos à ira, mas criai-vos na disciplina do Senhor.

Narrador: E para vocês, filhos, a Bíblia diz: ...obedeça sempre a seu pai; nunca deixe de seguir os conselhos de sua mãe. Provérbios 6:20

Narrador- A verdadeira beleza, a verdadeira honra de uma mulher está em amar e obedecer ao Senhor. A mulher que faz isso deve ser elogiada diante de todos, deve receber cumprimentos e homenagens de toda a sociedade. Provébios 31

As crianças cantam uma canção de ninar (ou outra a escolha), as crianças devem fingir que ninam um bebê.
Dorme mansinho, dorme tranquilo,
Dorme nenê, orando por ti,
Cuidando de ti eu estarei.
Que as bênçãos do nosso bom Deus
Venham estar envolvendo você
Dorme tranquilo, dorme mansinho
Pois eu te amo, dorme nenê.


Observação: Todas as músicas podem ser substituídas, ou colocar melodias que se adaptem a elas.
Fonte: http://carolinepetersen.blogspot.com.br/

terça-feira, 3 de outubro de 2017

VISUAIS DIGA NÃO AO HALLOWEEN

Fiz com uma caixa de camisa encapada  e dentro da caixa coloquei uma manta acrílica  para ficar parecendo com teia de aranha
PEGUE O TEXTO AQUI  AQUI

FIZ ESTE VISUAL NO CURSO DA TIA ERICA RANGEL

terça-feira, 26 de setembro de 2017

CAIXA O PECADO NOS AFASTA DE DEUS


FIZ NO CURSO DA TIA ERICA RANGEL

CAIXA PARA A LIÇÃO OS TRÊS PRESENTES





Material
Você vai precisar de três caixas de papelão (30x20)ou do tamanho que tiver;
  • Jesus bebê na manjedora;
  • Cruz de madeira;
  • coração;
  • Papel de presente.


Como montar:
coloque os objetos dentro de cada caixa e faça um embrulho bem bonito que chame a atenção.
Depois comece a falar que na época do Natal muitos trocam presentes, esta é uma atividade muito comum. Fale dos presentes que estão na mesa e inicie as explicações.

1-   O primeiro presente foi Deus quem te deu, é o melhor presente que alguém pode dar (abra a caixa com suspense) mostre Jesus na manjedoura, conte a história do nascimento de Cristo e finalize lendo ( João 3:16)
2-    O segundo presente foi jesus quem te deu, é algo que eu tenho certeza que ninguém te daria. (abra a caixa) mostre a cruz. Ele deu sua própria vida. Conte a história da crucificação de Cristo e finalize lendo I Corintios 15:3 e 4
3-    O terceiro presente é seu, este é você quem deve dar a Deus (abra a caixa)mostre o coração, Deus quer o teu coração, entregue a Ele e se torne filho de Deus. (João 1:12)
FIZ NO CURSO DA TIA ERICA RANGEL

CAIXA PRESENTE DA SALVAÇÃO

Com ela você ensina o plano da salvação

Fiz no curso da Tia Erica Rangel

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

HISTÓRIA INFANTIL EVANGELÍSTICA CABEÇA DE BEXIGA


CABEÇA DE BEXIGA

Olha que ideia maravilhosa para evangelizar crianças




Carlos era um menino muito sapeca. Andava com uma turma da pesada. Com eles ele aprendeu a falar muitos palavrões e tudo isso entrava em sua cabeça (enche a bexiga um pouco), quanto mais andava com eles mais coisas feias ele aprendia.
Aprendeu a mentir (encha a bexiga conforme for falando as coisas que ele aprendeu), roubar, desobedecer...
Carlos também gostava muito de assistir televisão. Mas só assistia filmes de terror e violência... No vídeo game era a mesma coisa, jogos só de destruição e morte.
Com este tipo de vida Carlos só ia enchendo sua cabeça de coisas ruins, que desagradam a Deus.
Vejam as coisas que saiam da boca de Carlos: (nesta hora vá esvaziando a bexiga aos poucos e deixando fazer barulho) palavrão, briga desobediência...
Certo dia encontrei com ele na praça e contei uma história para ele:
• Polegar – Você quer ter uma vida lega? Feliz?
• Indicador – Para conseguir isso é preciso pegar este dedo que vive apontando para os outros, dizendo: ele roubou, foi ele quem mentiu, ela que quebrou.., e apontar para você, afinal você e eu também cometemos erros( pecados), e precisar reconhecer e confessar a Deus.
• Médio – Veja este dedo, o que há de diferente nele?(está no meio e é o maior) Ele é o mais importante, porque representa Jesus. Ele quer ser nosso melhor amigo para sempre, e para termos uma vida feliz é preciso convidá-Lo para ser este amigo.
• Anular /anelar – Precisamos de Jesus como nosso amigo. Assumirmos um compromisso com Ele
• Mínimo – Porque somos pequenos, fraquinhos e só com Ele seremos felizes.
Quando Carlos ouviu esta história ele quis mudar a sua vida e orou comigo pedindo para Jesus limpar seu coração, e O convidou para ser seu melhor amigo. Nesta hora sua cabecinha e coração se encheram do amor de Deus (encha novamente a bexiga e amarre) O amor de Deus nunca sai de nós, mas nós podemos compartilhar com nossos amigos este amor (peça que joguem as bexigas para cima, como se estivessem compartilhando o amor de Deus, e depois estourem enchendo a escola deste amor)

Helenrose Oliva VAlin da Rocha
Fonte do Texto:http://ministerioinfantilepi.blogspot.com.br/2011/09/
Fonte da imagem:http://cristrindadecrt.blogspot.com.br/2010/06/baloes-com-carinhas.html

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

HISTÓRIA BÍBLICA JESUS ACALMA A TEMPESTADE COM FANTOCHES FEITO COM GARRAFA PETY




 Lição 7: JESUS ACALMA A TEMPESTADE
A criança deverá
SABER que Jesus é poderoso e espera que ela peça ajuda em suas dificuldades;
SENTIR-se segura e protegida por Jesus, mesmo quando enfrenta problemas;
RESPONDER procurando a Jesus quando estiver em dificuldades.
MENSAGEM: PODEMOS CONFIAR EM JESUS QUANDO ESTAMOS EM DIFUCULDADES.
VERSO PARA MEMORIZAR: “Até os ventos e o mar lhe obedecem.”  Mateus 8:27
LEITURA AUXILIAR: Marcos 4: 35-41. Desejado de todas as Nações, 316 a 325

RECURSOS NECESSÁRIOS: memorizando: figura de Jesus e do mar preparadas conforme instruções abaixo; conquistando a atenção: papel para dobradura (pode ser sulfite; lição:  bacia grande com água, barquinho de brinquedo (opcional) ou de dobradura, travesseiro ou almofada, figuras do sol, nuvens e relâmpagos, máquina fotográfica com flash (opcional); revisando: barco de dobradura, perguntas para revisão; aplicando: papel e lápis de cor; contando aos outros: barquinho confeccionado conforme instruções abaixo ou barquinho de dobradura..

MEMORIZANDO (até 10 minutos): Perguntar: Alguém aqui já conseguiu mandar no mar ou no vento? Será alguém consegue falar para o vento: “Pare de soprar!” e ele obedece e pára na hora? Imaginem se eu posso chegar para as ondas do mar e dizer: “Parem! Fiquem quietinhas!” Eu não posso. Vocês não podem. Nem um ser humano pode. Mas, existe alguém que tem poder para isso. É o filho de Deus. A Bíblia nos conta isso. Ler o verso completo na Bíblia na mesma versão em que será memorizado. Explicar que memorizarão apenas a parte final do  verso. Então, repetir o verso com a classe por três vezes. Mostrar o móbile com as gravuras. Apontar para cada uma delas à medida que vai falando o verso. Não esquecer de dizer a referência. Recitar o verso inteiro várias vezes até que tenham memorizado. Chamar uma criança para recitar o verso à medida em que o móbile vai sendo virado. Chamar outras crianças. Depois, dizer que Jesus é o único homem a quem o vento e o mar obedecem porque Ele é também Deus.

CONQUISTANDO A ATENÇÃO (até 10 minutos)
            Distribuir papéis de dobradura (ou sulfite) já cortados no tamanho certo, para formar barcos pequenos. Dizer: Vamos fazer a dobradura de um barquinho, porque vamos precisar dele para nossa história. Ensiná-las a dobrar o barco ajudando as crianças pequenas. Depois de prontos, recolher os barcos e dizer: Para que servem os barcos? Onde os barcos são usados? Um barquinho pode afundar? Como? Será que é perigoso estar em um barco quando há uma tempestade? Às vezes enfrentamos perigos, mas em nossa lição de hoje veremos que:
PODEMOS CONFIAR EM JESUS QUANDO ESTAMOS EM DIFUCULDADES

APRESENTANDO A LIÇÃO:
Alguma vez você se sentiu muito, mas muito cansado mesmo? Com vontade de deitar e dormir sem que ninguém o incomode? 
Abrir a Bíblia em Marcos 4: 35-41 e dizer: Aqui na Bíblia, em Marcos 4:35-41, está escrito que isso também aconteceu com Jesus. Ele sentiu-Se cansado depois de ensinar e curar as pessoas o dia inteiro. Jesus trabalhou desde o nascer do sol até o entardecer. Usar os braços para fazer o movimento do sol, do nascer até que se ponha (mãos juntas, perto do chão, do lado que nasce o sol, erguendo-as pouco a pouco e depois descendo pelo outro lado). Depois pedir que as crianças repitam o mesmo movimento. Por ensinar coisas novas e tão maravilhosas, as pessoas não queriam deixar Jesus afastar-se delas. Queriam aprender, ouvir, pedir que Jesus as curasse ou resolvesse os seus problemas. Jesus gostava muito de ajudá-las, mas ele também se cansava bastante porque quase não sobrava tempo para ele comer, descansar e beber água. Além disso, havia aquelas pessoas que ficavam falando mal de Jesus, tornando seu trabalho muito mais cansativo e difícil.
Por isso, neste dia, Jesus estava muito cansado. Muito cansado mesmo. Como fica nosso rosto quando estamos cansados e com fome? Mostrem para mim. Fazer expressão de cansaço. Jesus estava com fome, com sede e com muito sono. Ele precisava dormir um pouquinho. Pegar o travesseiro e deitar a cabeça, com quem está com sono.
Jesus quis descansar em um lugar quieto. Ele disse aos Seus discípulos: “Vamos para o outro lado do lago.” A tarde estava calma e bela quando os discípulos e Jesus entraram no barco. Pegar a bacia, colocar água, e dar às crianças os barquinhos de papel feitos em “Conquistando a Atenção”. Colocar um barco maior e de cor diferente (se possível, que seja um barco de brinquedo) e dizer que é o barco dos discípulos, onde Jesus estava. Várias pessoas, quando viram que Jesus estava saindo entraram em outros barcos e seguiram o barco de Jesus. Pedir às crianças que coloquem seus barquinhos dentro da bacia (faça-os pequenos o suficiente para que a bacia não fique muito cheia de barcos).
Agora já era noite. Colocar a figura da lua e das estrelas no varal ou flanelógrafo O céu estava tranqüilo. O vento era apenas uma brisa suave e Jesus, deitado na popa do barco, acabou dormindo... Pegar o travesseiro e deitar a cabeça como quem está dormindo. Pedir às crianças para também fazerem o mesmo gesto (pedir que juntem as mãos e deitem a cabeça sobre elas).
Tudo agora estava calmo e o barco balançava suavemente. Balançar o corpo como se estivesse em um barco. Dizer para as crianças fazerem o mesmo.
De repente, porém, o céu começou a ficar com nuvens escuras. Mostrar a figura da nuvem escura com o raio e as gotas de chuva. O vento começou a soprar bem forte e as águas começaram a se levantar, formando enormes ondas. Balançar como se estivesse em um barco durante uma tempestade. Pedir às crianças para fazerem o mesmo. Formou-se uma tempestade terrível, com muitos relâmpagos e trovões. Combinar com alguém para, quando você mencionar os relâmpagos, acender e apagar as luzes (ou disparar o flash de uma máquina fotográfica, sem que as crianças vejam a máquina) e, quando mencionar a palavra trovão bater em alguma placa de metal (pode ser uma bandeja), imitando o trovão.  Depois, pedir para que as crianças fiquem em volta da bacia, imitando o vento nos barquinhos, soprando com a boca. Se forem poucas as crianças e o “vento” for fraquinho, deixe que elas ponham as mãos na água e agitem a água para mexer com os barquinhos. Os relâmpagos (disparar o flash ou piscar a luz), os trovões (bater em um metal) e as grandes ondas deixaram os discípulos com muito medo. Fazer expressão de medo. Eles não conseguiam controlar o barco! E a água começou a entrar por todos os lados. Então eles começaram a tentar tirar a água que entrava no barco. Vamos imitar os discípulos tirando a água do barco? Fazer gesto de tirar a água com as mãos. Tentaram, tentaram, tentaram, mas não conseguiram. O barco começou a afundar. Que medo os discípulos sentiram naquele momento.
O problema é que eles estavam tão preocupados em escapar que até haviam esquecido que Jesus estava com eles ali, bem pertinho. A noite estava tão escura e tempestuosa que eles não podiam ver Jesus. De repente, um relâmpago brilhou (disparar o flash ou piscar a luz) e eles O viram dormindo em um cantinho do barco. Então começaram a gritar: “Mestre! Mestre! Não te importa que pereçamos?” Seus gritos acordaram Jesus. Então, desesperadamente, eles pediram ajuda, pois perceberam que não conseguiriam se salvar sozinhos. Precisavam de Jesus!
-Senhor, salve-nos! Estamos morrendo! O barco está afundando! Vamos nos afogar!
Jesus se levantou. Levantar-se. Estendeu Sua mão. Estender a mão. E repreendeu o mar e o vento. Ele disse (mudar o tom de voz e falar em voz alta): “Silêncio! Fiquem quietos!”
Na mesma hora o vento parou. As ondas se aquietaram e as nuvens escuras sumiram. Esconder a nuvens. Novamente o céu estrelado apareceu. O barco parou de balançar e descansou tranqüilo, em cima da água. Se necessário, ajeite o barco na bacia.
Jesus, então, se virou  e falou para os discípulos:
-Por que ficaram com tanto medo? Vocês ainda não confiam em mim?
Os discípulos ficaram tão admirados que não conseguiam falar. Nem Pedro, que gostava tanto de dar palpites, falou alguma coisa. Depois eles perguntaram baixinho, uns para os outros. Colocar a mão em concha na boca e falar cochichando.
- Que homem é esse que até o mar e o vento lhe obedecem?
Neste momento os discípulos começaram a aprender que, quando estivessem passando por algum perigo, deveriam procurar a Jesus pois Ele os livraria.

B.   REVISANDO: Com antecedência, fazer uma dobradura de barco e colocar dentro dela papeizinhos com as perguntas para revisão (ou com os números correspondentes às perguntas). Fazer um círculo com as crianças e passar o barco de mão em mão enquanto cantam ???? Parar de cantar. Quem estiver com o barco deve pegar um número. O professor deve ler a pergunta. Se a criança acertar, terá direito de levar o barco grande (ou de brinquedo) de um lado para o outro na bacia.
C.   APLICANDO:  Distribuir papel e lápis de cor e dizer às crianças para desenharem alguma coisa que lhes traga medo (escuro, animal feroz, tempestade, doença, brigas, etc.). Dizer: Os discípulos tentaram enfrentar a tempestade sozinhos e quase se afogaram. Apenas quando procuraram Jesus foi que eles conseguiram escapar. Quando temos algum problema que nos traz medo não devemos esperar. É melhor buscarmos logo a Jesus. Ele pode nos ajudar. Se até o vento e o mar Lhe obedecem imaginem o quanto Ele pode fazer para nos acalmar. Falem comigo a nossa mensagem de hoje:
PODEMOS CONFIAR EM JESUS QUANDO ESTAMOS EM DIFUCULDADES
A.    CONTANDO AOS OUTROS:
OPÇÃO A: Ensinar as crianças a fazerem uma dobradura ou outro barquinho artesanal..
OPÇÃO B: Dar cópias da gravura abaixo. Deixar que as crianças recortem, pintem e montem o trabalho. Se as crianças forem muito pequenas ou o tempo for insuficiente, entregar o trabalho semipronto. Dizer: Existem muitas pessoas sofrendo por causa das preocupações e medos. Elas precisam saber que Jesus tem poder para socorrê-las. Vocês devem levar este barquinho e mostrá-lo para alguém que estiver preocupado ou com medo. Conte-lhe a linda história de hoje e diga-lhe que se pedir socorro através da oração, Jesus virá rapidamente atendê-lo. Deixar que cada criança pegue seu barquinho. Digam sempre às outras pessoas:
PODEMOS CONFIAR EM JESUS QUANDO ESTAMOS EM DIFUCULDADES





7. ENCERRAMENTO (até 5 minutos):
8. ENSAIOS PARA A PRÓXIMA APRESENTAÇÃO NA IGREJA (até 10 minutos).



COMO PREPARAR OS VISUAIS.

MEMORIZANDO E APRESENTANDO A LIÇÃO:
Copiar e pintar as figuras abaixo (ampliar para o tamanho desejado).
Dobrar uma folha de cartolina ou papel cartão ao meio no sentido do comprimento.
Usando o modelo abaixo, dobrar em três, deixando um espaço para colar.
Colar as figuras em dois dos lados do móbile.
Escrever a referência no terceiro lado.
Furar cada parte e passar um barbante, fazendo o móbile.



 CONTANDO AOS OUTROS
Recortar o barco e as ondas.
Unir o barco e as ondas para trás na linha mais reta.
Para relembrar a história, levantar ou dobrar as ondas conforme o relato.







FONTE DO TEXTO DA LIÇÃO:
https://evangelismoinfantil.blogspot.com.br/2009/11/tesouros-infantis-vol2-n-4-licao-7.html





sexta-feira, 1 de setembro de 2017

PIZZA DA ORAÇÃO

Ensine as crianças a  oração  que Jesus ensinou  o Pai Nosso usando o visual da pizza de oração.
Assista a tia Michelle explicando esta lição no vídeo no link abaixo










ARQUIVOS DO BLOG

VÁRIAS IDEIAS PARA HOMENAGEAR OS PROFESSORES DE EBD

IDÉIAS PARA HOMENAGEAR TODOS OS PROFESSORES OS MAIS, MAIS!!! Faça uma pesquisa na igreja, para saber a opinião dos irmãos e das criança...