Google+ Followers

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

HISTÓRIA BÍBLICA INFANTIL MOISÉS E ARÃO ATENDENDO O CHAMADO DE DEUS

 História bíblica infantil  Moisés e Arão  atendendo o chamado de Deus.Os 
fantoches Moisés, Arão e Faraó   foram feitos de rolinho de papel higiênico e eva  o cenário do palácio ou castelo foi em duplex prata e papel pedra e color set e a cortina em tnt . A serpente imprimi em sulfite  normal depois colei na cortolina para ficar mais resistente e vara  usei um palito de churrasco.
Quanto ao método de contar a história adapte a sua maneira pois no texto você vai observar que várias dicas de métodos para contar esta história.

















Atendendo ao Chamado


OBJETIVO: Atender ao chamado de Jesus para trabalhar por Ele.

VERSO PARA MEMORIZAR: “Agora vá, pois eu o ajudarei a falar e lhe direi o que deve dizer. ” Êxodo 4:12. NTLH.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a Atenção: ver objetos sugeridos na atividade; Lição: casaco ou roupão, luva “leprosa”; cabo de vassoura; cobra de brinquedo; maquete do palácio, bonecos; Revisando: tijolos de caixas de leite; Contando aos Outros: cópias da atividade abaixo para cada criança, lápis de cor.
COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS
Lição:
Cenário: Fazer algumas pedras grandes, encapando bolas de jornal com papel pedra ou pardo. Juntar com alguns vasos de plantas. Colocar tudo isso entre as crianças e o local onde será contada a história. Esconder ali, a vara de Moisés e a cobra, de maneira que as crianças não vejam essas coisas.
Luva “leprosa”: Virar uma luva de borracha para o lado avesso. Desenhar manchas vermelhas e marrons nela, usando caneta permanente ou cola colorida.

Cobra: Se não conseguir uma cobra de brinquedo, pode-se fazê-la de diversas maneiras: emendando rolhas, rolos de papel higiênico, prendedores de roupa. Pode-se também usar um peso de porta no formato de cobra. Amarrar um fio de nylon na ponta da cobra e esticá-lo de maneira que alguém possa puxá-la para simular o movimento dela.
Revisando: Usando papel pardo, encapar caixas de leite longa vida (ou outras semelhantes) para fazer uns oito ou dez tijolos.
CONQUISTANDO A ATENÇÃO: [Dar alguma tarefa para as crianças realizarem dentro de um tempo definido (fazer 30 bolinhas de massa de modelar em 1 minuto; fazer uma pilha bem alta de blocos em 15 segundos etc). Deve ser uma tarefa possível de ser realizada, mas que não se possa ser realizada em um tempo menor que o tempo pedido. Depois de concluída a tarefa. Peça-lhes para realizá-la de novo, no mesmo período de tempo, mas tendo que buscar o material em outra sala da igreja. Encerrar a atividade assim que  o tempo estipulado for alcançado. Quando as crianças reclamarem que a segunda tarefa foi mais difícil por terem de buscar o material, dizer que  na história de hoje haverá uma situação muito semelhante.]
                                                                                                                                                                       
APRESENTANDO A LIÇÃO: [Para a primeira parte da história, vestir um casaco e esconder a luva “leprosa” dentro dele ou de um bolso. Dizer:]
Existem crianças que têm muita vergonha de cantar ou de agradecer na igreja. Quando o papai e mamãe dizem para irem fazer isso, essas crianças ficam dando muitas desculpas para não ir. Quando o Senhor pediu a Moisés que fosse ao Egito libertar os israelitas, ele não quis fazer isso e começou a dar desculpas. A primeira desculpa foi: “O povo não vai me ouvir.” Em resposta a essa desculpa, Deus mandou que Moisés jogasse a sua vara no chão. [Colocar o cabo de vassoura no chão, perto das plantas do cenário, de maneira que as crianças não possam vê-lo.] Moisés obedeceu e sabem o que aconteceu? A vara transformou-se em serpente. [Alguém deve puxar a cobra com um fio, de jeito que as crianças a vejam.] Moisés ficou com medo e fugiu dela [fazer expressão de medo e fugir de perto da “cobra”], mas Deus disse para ele voltar e pegar a serpente pela cauda. [A “cobra” deve ser levada de volta para o ponto do cenário em que as crianças não conseguem enxergá-la] Imaginem! Que medo! Se a gente pegar uma cobra pelo rabo, ela com certeza va nos picar! Moisés obedeceu [pegar novamente o cabo de vassoura], e a serpente voltou a ser uma vara! Que incrível, não é? Depois, o Senhor mandou Moisés colocar a mão no peito. [Esconder a mão dentro do casaco e, se necessário, virar-se costas para as crianças, para colocar a luva na mão.] Ele obedeceu. Quando tirou a mão, ela estava leprosa! [Tirar a mão com a luva “leprosa”.] A lepra é uma doença que deixa a pele cheia de manchas brancas e feridas vermelhas. Moisés ficou horrorizado com a mão dele. Então, Deus mandou que ele colocasse a mão no peito de novo e ...[Colocar a mão no casaco de novo e tirar a luva, de maneira que as crianças não vejam...] Ela ficou sadia, exatamente como antes! [Mostrar a mão “sadia”.]
Se o povo ainda assim não acreditasse em Moisés, então Deus faria outro sinal. Moisés deveria pegar um pouco da água do rio, derramá-la no terra e a água se tornaria em sangue. Com todos esse milagres, será que Moisés já tinha criado coragem para ir ao Egito ajudar os israelitas? Não. Infelizmente, não. Ele  ainda apresentava desculpas:” Ah, Senhor, eu não sei falar direito!” Mais uma vez Deus animou Moisés: “Quem fez tua boca? Eu serei com a tua boa e te ensinarei o que há de falar.” Mas, mesmo assim, Moisés não queria ir. Então, Deus não aceitou mais nenhuma desculpa e ordenou que Moisés fosse ao Egito e, para que Ele não reclamar, Deus lhe disse que seu irmão Arão iria ajudá-lo a falar com o povo e com Faraó. Assim, finalmente, Moisés parou de dar desculpas, venceu seu medo e aceitou sua missão. Moisés obedeceu e, com a ajuda de Deus, venceu sua timidez.
Moisés foi ao Egito e, no caminho, encontrou-se com Arão. [Colocar o boneco de Moisés e o de Arão juntos.] Foi emocionante para eles se encontrarem depois de tantos anos. Eles conversaram bastante e foram juntos falar com os anciãos de Israel. [Colocar Arão e Moisés diante dos anciãos.] Eles falaram tudo que Deus tinha mandado e fizeram os três milagres na presença deles. Há muitos anos aqueles idosos oravam a Deus, pedindo livramento e, quando viram aqueles milagres, ficaram convencidos de que aquilo era uma resposta de Deus. Animados, Moisés e Arão foram ao palácio [levar Moisés e Arão ao palácio] e disseram ao rei [falar com seriedade]: “Deus tem uma mensagem para ti: ‘Deixa Meu povo ir para adorar-Me no deserto’.”
Vocês acham que Faraó foi bonzinho e deixou o povo ir imediatamente? Não! Ele disse: [falar com expressão de deboche e teimosia.] “Quem é o Senhor, para eu ouvir Sua voz? Não conheço o Senhor e não vou deixar o povo ir.” Além disso, Faraó já sabia que Moisés e Arão estavam avisando o povo de que seriam libertos. E o povo, pensando que isso aconteceria logo, não estava mais trabalhando do mesmo jeito. Faraó, muito nervoso, disse [falar com voz irada]: “Vocês estão criando problemas. O povo está parando com seu trabalho!” Moisés e Arão saíram dali, e o rei ordenou aos chefes dos escravos que dobrasse o trabalho dos escravos. Todos os dias, os hebreus tinham que fabricar uma grande quantidade de tijolos. [Mostrar os tijolos.] Eles misturavam o barro com palha [opção - mostrar um pedaço de argila e um pouco de palha], formavam os tijolos e depois colocavam tudo para secar. Mas Faraó mandou que não dessem mais a palha para eles misturarem no barro. Eles teriam que ir buscar a palha e fazer a mesma quantidade de tijolos que antes.
É claro que os israelitas não deram conta do trabalho e, por isso, os egípcios bateram muito neles. Até as crianças e os idosos apanharam. O povo ficou muito revoltado com isso e colocaram a culpa de tudo em Moisés e Arão. Os dois irmãos pediram a ajuda de Deus. E Deus ordenou que eles fossem a Faraó outra vez.
Eles foram ao palácio do rei e o avisaram sobre o que aconteceria ao Egito se Faraó não deixasse o povo ir. E, para mostrar que estavam falando em nome do Deus Todo-Poderoso, Arão jogou a sua vara no chão, diante de Faraó. A vara transformou-se em serpente. Rapidamente o rei chamou seus mágicos e pediu-lhes que lançassem sua varas. Eles as lançaram e elas também se transformaram em serpentes. Mas a serpente de Arão devorou todas as outras serpentes. Será que os magos tinham poder para transformar uma vara em serpente? Não. De jeito nenhum! Satanás usou seu poder para que as varas dos magos se parecessem com serpentes. Quando a serpente de Arão engoliu as outras, ficou provado que as dos magos eram falsas. Infelizmente, mesmo assim, Faraó não deixou o povo ir. Moisés e Arão ainda teriam que falar muitas vezes com ele. Ainda bem que Moisés tinha vencido seu medo de falar com o rei.

REVISANDO: [Marcar uma altura da parede e dizer que, assim como os israelitas tinham um tempo certo para produzir uma quantidade de tijolos, elas terão que construir uma pilha de tijolos até aquela altura. Explicar que a cada resposta certa você colocará um tijolo e a cada resposta errada você terá que tirar um tijolo. Fazer as perguntas da lição (abaixo) para as crianças e incentivá-las a terminarem a construção a tempo.]

Que milagres Deus concedeu a Moisés como sinal para que o povo acreditasse nele?  A vara se tornar em serpente, a mão se tornar leprosa, a água se tornar em sangue.
Por que Deus enviou Arão com Moisés? Porque Moisés achava que não conseguiria falar direito.
Para quem Arão e Moisés fizeram os milagres primeiro?  Para os anciãos de Israel.
Além de não deixar o povo ir  embora, o que Faraó fez que dificultou muito a vida deles? Não deu palha para eles fazerem os tijolos e exigiu que fizessem a mesma quantidade de tijolos.
O que aconteceu quando Moisés e Arão realizaram o primeiro milagre com a vara? Os magos egípcios imitaram o milagre, mas a cobra de Arão comeu as cobras dos magos.
Quem fez com que as varas dos magos parecessem com serpentes? Satanás.


MEMORIZANDO: [Dizer:] Deus prometeu a Moisés que o ajudaria a falar. Essa promessa também serve para nós. Vamos memorizar o que Deus. [Ler o verso e ensiná-lo como está descrito na lição.]
Agora vá - [indicar um caminho com as mãos].
Pois eu o ajudarei a falar - [apontar para o céu, por as mãos na boca na forma de um cone.]
E lhe direi o que deve dizer - [indicar o ouvido, repetir o cone com as mãos na boca.]
Êxodo 4:12 - [desabrochar uma flor e formar um livro.]

APLICANDO: [Dizer:] Moisés venceu o medo e confiou na promessa de Deus. Deus cumpriu sua promessa de ensinar-lhe o que haveria de dizer [recitar o verso para memorizar]. Nós também podemos fazer o mesmo. Quando temos uma tarefa dada por Deus, precisamos vencer o medo, confiando que Ele nos ajudará a realizá-la. Vou falar de algumas tarefas que temos de fazer, como cristãos. Sempre que eu falar, repitam o verso que memorizamos hoje.
a) Sandra tem vergonha de entregar folhetos (mostrar um folheto). A promessa de Deus é (verso para
memorizar).
b) Gustavo sabe que deve contar aos amigos que Jesus morreu pelos seus pecados, mas ele tem medo de zombarem dele. A promessa de Deus é [verso para memorizar].
c) Juliana foi convidada para orar na igreja e está com muita vergonha. A promessa de Deus é [verso para memorizar].
d) Jorge não quer cantar na apresentação das crianças porque tem medo de errar. A promessa de Deus
é [verso para memorizar].


CONTANDO AOS OUTROS: [Entregar uma cópia da atividade para cada criança. Deixar que pintem a figura. Enquanto pintam, dizer:] Moisés não desistiu de cumprir seu trabalho para Deus, mesmo enfrentando dificuldades. Nós também devemos fazer nosso trabalho para Deus, mesmo sendo difícil. Usem este material para contar isso a alguém que esteja sem coragem de realizar seu trabalho para Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário